close button

publicidade
Romance Is a Bonus Book - Critica Geek Antenado

Romance Is a Bonus Book | K-Drama Netflix (2019)

Qualquer personagem que seja tão apaixonado por livros quanto eu, já ganha meu coração. Só o título da série já é motivo para que eu tenha devorado os 16 episódios como se não houvesse amanhã. E eu nem sei porque demorei tanto para ver esse dorama. Romance is a Bonus Book é aquela série que te prende do inicio ao fim, e te deixa com o coração quentinho a cada episódio.

Esta história é sobre uma mãe divorciada encontrando seu lugar na sociedade novamente, com um doce romance noona como bônus. Além disso, em nossas histórias paralelas, também destaca as lutas das mulheres em vários setores da sociedade, como a mulher solteira mais velha que trabalha ou a mulher trabalhadora que tem um filho pequeno para cuidar.

Foi provavelmente, um drama escrito e produzido com muito carinho e cuidado, e criado especialmente pra deixar nossos corações quentinhos mesmo após as duras cenas de uma mulher que já passou dos seus 30 anos tentando se reintegrar na vida profissional.

Infelizmente, o mundo que vivemos é assim, é cruel e embora tenha pessoas como no drama que falam que a idade não é problema para entrar na empresa, ah, é sim. Empresas preferem contratar currículos aparentemente encantadores em vez de olhar para as pessoas. O problema fica evidente durante a trama, e nem sempre bons currículos pertencem a bons profissionais.

Kang Dan Yi (Lee Na Young) está desempregada e tem força de vontade, mas o mundo não lhe dá uma chance. Ela era uma redatora famosa, ganhou prêmios e era muito reconhecida, mas largou tudo para investir na sua nova família, mas desde que seu casamento terminou, passa por dias difíceis, tendo que sustentar a si mesma e sua filha. Ela não tem nem casa para morar.

Ela tem um melhor amigo de anos, ele é Cha Eun Ho (Lee Jong Suk) um escritor famoso que atualmente trabalha também como editor chefe numa Editora. Depois de uma certa relutância, Dan Yi acaba contando pra ele a que ponto sua vida chegou, mas ainda bem que Cha Eun Ho existe e passa a dividir sua casa com ela.

Ela então descobre que a editora que ele trabalha está contratando, ela se inscreve para uma vaga em que os requisitos não pedem formação universitária. No meio da necessidade, claramente ela tenta e acaba sendo contratada.

É nessa nova jornada da Dan Yi que o drama vai nos mostrar histórias incríveis de pessoas em busca de realização profissional nesse mundo cruel que deixa que currículos definam pessoas. Isso até me faz lembrar de uma das frases de Fight My Way, onde a protagonista fala que é injusto um pedaço de papel fingir que sabe tudo sobre você, quando você acorda cedo e vai dormir tarde, mais tarde que todo mundo, e ainda assim ninguém te reconhece.

Fiquei tocada com a sensibilidade de Romance Is a Bonus Book. A luta da Dan Yi pelo emprego, as portas se fechando, os discursos sobre ela ter ficado parada por 7 anos e que ela não era mais apta para o cargo. Triste demais porque é real demais.

Mas a parte boa é que Dan Yi não desiste nunca. Além de ser talentosa e competente, ela raramente se desanimava ou deixava os problemas influenciarem a sua vida. Ela quem influenciava todo o resto. Mesmo trabalhando na equipe de apoio, era criativa, dava ideias e fazia muito mais do que deveria. Sua personalidade é determinada e divertida. Ela é um docinho de pessoa, pra ser mais exata.

Cha Eun Ho é outro docinho. Além de um bom amigo pra Dan Yi, um excelente amigo, alias. O moço também é habilidoso, inteligente e trata a todos com gentileza. Ele também é apaixonado pelo que faz e zela pelo bem da editora.

A atmosfera de Romance is a Bonus Book é muito gostosa. O ambiente é a editora e o mundo dos livros. Como eles nascem e como eles morrem. Podemos ver profissionais apaixonados pelo que fazem e pessoas apaixonadas por livros. É tão inspirador ver a parte da produção de livros, eles criando vida, mas também tão triste o descaso das pessoas. Como eles são descartados e pouco interessantes para alguns.

Gostei muito da forma como roteiro trabalhou o tom da narrativa, com toques poéticos graças ao mundo editorial representado e as analogias entre livros e seres humanos, que por diversas vezes, me deixavam emocionada.

No escritório da editora também ficam o diretor Kim Jae Min (Kim Tae Woo), a Ko Yoo Sun (Kim Yu Mi)Bong Ji Hong (Jo Han Chul)Seo Young A (Kim Sun Young)Park Hoon (Kang Ki Doong) e Oh Ji Yool (Park Gyu Young) e por diversas vezes trazem o alívio cômico, mas em outras algumas histórias emocionantes. Amava esse time, e embora alguns personagens em especial precisavam “melhorar” eles também crescem e amadurecem, seja na área profissional, familiar ou simplesmente como pessoas.

O ambiente da editora era muito divertido, os personagens eram alegres a maior parte do tempo e era gostoso de acompanhar o dia a dia deles, desde os casos de sucesso até os erros que fazem parte do serviço. Para quem gosta do assunto pode ser ainda mais interessante, no meu caso, quando mais nova sempre pensei que publicaria um livro (quem sabe ainda rola) então foi realmente delicioso ver todo o processo para trazer eles à vida.

Mas vamos ao romance, certo?! Pois bem, o romance está presente sim, obviamente. Mas é que a série tem assuntos tão interessantes que o romance não é o foco principal, embora ele esteja presente ali e vai crescendo com o passar dos episódios.

Eles são melhores amigos há tempo que provavelmente não perceberam o amor ali. Cha Eun Ho claramente percebe primeiro, mas mesmo assim a vida os trouxe até esse momento, onde Dan Yi já foi casada, tem uma filha e ele namorou várias garotas também. Durante o drama fiquei até com medo de como esse romance ia surgir, primeiro porque ele teve muitas oportunidades de dizer o que realmente sentia mas nunca o fez, segundo porque amizades estavam surgindo e eu não queria que elas fossem por água a baixo por conta de romance. Não me preocupei se os dois ficaram bem como casal, ou se durarariam, é claro que durariam. Eles foram feitos um pro outro e não se davam conta disso.

Em todo caso, todas as minhas dúvidas em relação aos dois e as suas amizades foram pouco a pouco desaparecendo graças a esse roteiro bem escrito que fez tudo andar no ritmo e no tempo certo. Cha Eun Ho e Dan Yi demoram um pouco pra ficarem juntos finalmente, mas quando acontece, é tão natural como se tivesse sido sempre assim. Dois lindos, sem mais.

Mais uma surpresa de Romance Is a Bonus Book foram as amizades muito bem desenvolvidas. Tanto a amizade, companheirismo e lealdade dos protagonistas, que antes de tudo, é mais importante que romance. Como também a amizade dele com a Hae Rim, da Hae Rim com a Dan Yi e das mulheres do escritório que foi sendo desenvolvida naturalmente e quando vi já estava amando. Essa do escritório, também é importante porque aborda uma certa rivalidade no ambiente de trabalho, rivalidade entre as próprias mulheres, o que não deveria existir, mas infelizmente existe.

Em todo caso, adorei as mulheres desse drama juntinhas, compartilhando experiências, momentos e desafios. E mais ainda o fato de que todas as mulheres presentes nesse drama são muito independentes e determinadas. Seja qual for a escolha e não importa o quão difícil seja, elas continuam seguindo em busca daquilo que acreditam.

Enfim, Romance Is a Bonus Book é um drama tão redondinho e perfeitinho que foi um grata surpresa dessa temporada de dramas. O que parecia ser nada mais que um romance, nos impressionou com a ousadia no tema de profissionais em busca de realização, numa atmosfera cativante envolvendo a produção editorial. E o romance foi o toque docinho que deu ainda mais vida ao drama.

Sinceramente, mesmo tendo visto só agora em 2021, acho que esse foi um dos doramas mais lindo, redondinho e mais bem escrito que tive o prazer de assistir este ano. Uma obra e tanto.

Romance Is a Bonus Book

Romance Is a Bonus Book
5 5 0 1
Em Romance Is a Bonus Book, Cha Eun Ho é um escritor talentoso e bem-sucedido que trabalha como chefe em uma editora. Já Kang Dan Yi é uma mulher divorciada e que acabou de perder o emprego. Amigos de infância, os dois se reencontram depois de anos e, a medida que se envolvem na vida um do outro, começam a se apaixonar.
Em Romance Is a Bonus Book, Cha Eun Ho é um escritor talentoso e bem-sucedido que trabalha como chefe em uma editora. Já Kang Dan Yi é uma mulher divorciada e que acabou de perder o emprego. Amigos de infância, os dois se reencontram depois de anos e, a medida que se envolvem na vida um do outro, começam a se apaixonar.
5/5
Total Score
Postagens Relacionadas