close button

publicidade

Poco X3 NFC | Review

O Poco X3 NFC já está no mercado há um tempo, mas sempre tem alguém buscando por ele em resenhas em texto. Por isso mesmo resolvi trazer para vocês um pouco da minha experiência com esse smartphone.

Construção

O Poco X3 NFC tem um desenho bastante chamativo, que pode agradar a uns e desagradar a outros, principalmente pelo estilo do conjunto das câmeras na traseira. O acabamento da tampa também é chamativo, mas pra essa parte eu só tenho elogios, porque apesar de ser em plástico brilhante, as cores são bonitas, principalmente o azul e a faixa holográfica centralizada, com o nome Poco grande na base dão o ar gamer que a empresa quer passar com ele.

Traseira Brilhante de plástico azul

O frame da lateral tem acabamento em metal, mas nem parece. A pintura feita nele cobre tanto as linhas de antena, como dão uma sensação de plástico para o telefone. Isso não interfere na estética do smartphone e ainda ajuda ele a ser mais durável e resistente.

Frente em vídro Corning Gorilla Glass 5 e câmera centralizada no furo do LCD

Na borda superior ainda temos o sensor de infravermelho para controlar TVs, Ar Condicionado e qualquer outro aparelho compatível. Também temos uma saída de som que faz par com a saída tradicional, que está alocada no polo inferior, junto do conector USB-C. À esquerda temos a gaveta para chip e cartão de memória, enquanto o botão de energia e volume ficam na direita do telefone. O sensor de digitais fica na lateral, junto com o botão de liga/desliga, funcionando extremamente rápido e quase não apresentando falhas.

Tela

Agora, quando o assunto é a frente do smartphone, ninguém mais se diferencia por muita coisa. Ou você tem um furo centralizado para a câmera frontal, ou esse furo fica no canto esquerdo -Em sua maioria. No X3 NFC ele está centralizado, é discreto e não impacta na usabilidade da tela, o que eu acho muito bom.

6,67 polegadas
IPS LCD
Full HD+
120 de taxa de atualização

A tecnologia usada aqui é o IPS LCD, com 6,67 polegadas, 120 Hz de taxa atualização e brilho de 450 Nits. O brilho está abaixo de alguns intermediários, mas já é o suficiente pra conseguir usar o smartphone em locais externos. Ele também tem boas cores e boa definição, contando com uma resolução Full HD+ e proporção 20:9.

Durante o meu período com o X3 NFC não tive problemas para consumir multimídia. O alinhamento de uma tela fluida e boa com um som estéreo de qualidade tornam esse smartphone ideal para jogos e vídeos. O tamanho me incomoda um pouco, mas eu sou a exceção, a minoria que curte telas menores.

Processamento e Bateria

O Poco X3 NFC foi feito pensando em um público que curte jogar, mas também que quer energia. A empresa consegue entregar o melhor dos dois mundos para os usuários, mas não se engane, se você joga bastante no dia a dia e curte muito ver vídeos no celular, a energia dele pode ir embora antes do fim do dia.

A empresa manda um carregador de 33W na caixa, o que ajuda a encher o tanque rápido, cerca de ~1h10min, uma marca boa para quem precisa sempre de bateria. O Poco X3 NFC consegue segurar até um dia e meio de uso, caso não passe um dia inteiro rodando jogos ou vídeos.

Essa boa economia se deve ao Snapdragon 732G, que mostra bastante otimização nos processos mais simples e que consegue ter poder suficiente para rodar jogos pesados. Genshin Impact – o Iza Pesadão- e Lol Wild Rift – O recém chegado do Mobile- poderiam apresentar problemas ao rodar no X3, mas o 732G deu conta do recado.

Os jogos mais populaares também foram bem, como o Asphalt 9 e Call of Duty. Mas o maior problema aqui é que nenhum dele roda na resolução máxima e muito menos em 120Hz, o que é um desperdício da função.

Quando o assunto é transição entre apps, o smartphone é rápida e consegue gerenciar bem a mémoria RAM, que tem versões de 6 ou 8 Gigabytes, com até 128 GB de armazenamento. Essas são memórias UFS 2.1 que garantem mais velocidade para abrir os apps e rodá-los no sistema, dando uma sensação de mais velocidade ainda.

Câmeras

Por último, não poderíamos deixar de falar das câmeras do Smartphone.

São quatro sensores atrás, num módulo esquisitão que conta com a lente principal de 64 megapixels, que tem bom desempenho tanto de dia como a noite. Faz fotos com cores bonitas, bom contraste, Brilho, Balanço de Branco e alcance dinâmico.

Vou deixar alguns exemplos aqui, mas para ver mais detalhes, recomendo ir no vídeo do Geek Antenado, lá no YouTube para ter mais detalhes.

Foto com a lente de 64 megapixels

A próxima é a lente ultrawide de 13 megapixels. Esse sensor é um pouco mais problemático, pois não tem exatamente a mesma potência e qualidade do sensor principal, afinal, ainda é de um intermediário que estamos falando aqui.

foto com a lente de 13 megapixels

Em dias ensolarados, ou em ambientes bastante iluminados, o sensor faz o seu papel direitinho, mas deixa a desejar em média ou baixa luz. Isso porque ele é mais fechado, entra menos luz e assim, nem o pós processamento consegue dar jeito na quantidade de ruído e borrões que surgem.

foto noturna

A lente Macro tem só 2 megapixels, o que eu considero uma incoerência gigantesca com o potencial desse telefone. As fotos não saem boas de primeira, te levando a tentar várias e várias vezes para conseguir fotos boas. Outro problema é que se você estiver em um ambiente com luz de teto, o celular vai fazer sombra na miniatura que você quer capturar e isso vai, com certeza, estragar a sua foto.

foto macro

Por fim, a lente de auxílio para o efeito retrato também conta com 2 megapixels, mas o efeito sai direitinho e, melhor do que falar, é mostra. Então tá aí um exemplo.

efeito desfoque

Câmera frontal

A lente frontal do Poco X3 melhorou bastante a forma como os intermediários da Xiaomi entregam selfies. Aqui não temos mais o efeito de boneco de cera e nem um balanço de branco que te deixa como um fantasma. A qualidade da imagem é boa, mas na minha opinião, ainda precisa evoluir um pouco mais para conseguir bater de frente com a linha A da Samsung.

São 20 megapixels de resolução, mas não temos o uso do Quadpixels por aqui, o que poderia melhorar bastante os cliques noturnos. Segue agora alguns exemplos de como é a selfie do Poco X3 NFC, pra você ter suas próprias conclusões.

Preço e disponibilidade

O Poco X3 é vendido oficialmente pela Xiaomi aqui no Brasil R$2750 pela versão de 64 GB, enquanto a versão de 128GB sai por R$2950. O preço no mercado nacional é BASTANTE salgado, mas você tem assistência técnica e garantia de um ano com o fabricante.

Agora, se você não quer pagar tanto pelo smartphone, pode escolher pegar na Amazon com estoque aqui no Brasil, onde os modelos saem por volta dos 1500 à 1700 reais através de importadoras.

Concluímos que…

O Poco X3 NFC tem boa pegada, bom desempenho e vai depender unicamente de você definir se ele é bonito ou não. Eu vejo esse telefone como a opção para quem cansou de telefones muito comuns e quer partir para algo mais ousado. Assim como também vai ser muito bom para os mobile gamers que não tem grana sobrando pra pegar um topo de linha.

Pelo preço de importação ele é uma ótima pedida, mas o Poco X3 Pro acaba sendo ainda mais interessante. Claro que esse papo eu vou deixar para o review dele que sai nos próximos dias.

Postagens Relacionadas
Leia Mais

Funimation chega ao Roku

A Funimation anunciou a chegada de sua plataforma de streaming para os dispositivos Roku no mercado brasileiro. Usuários…
Leia Mais

Oxigênio ganha primeiro trailer

A Netflix revelou o primeiro trailer do novo thriller francês Oxigênio. Confira abaixo: Confira também o pôster do…