close button

PUBLICIDADE

Sombra e Ossos

Milhões de leitores em todo o mundo adoram ficção de fantasia para jovens adultos , mas mesmo os títulos mais populares – a série Trono de Vidro de Sarah J. Maas , os livros Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare, a trilogia Jogos Vorazes de Suzanne Collins e muitos mais – são geralmente considerados “prazer culpado” escapismo, histórias superficiais e sem sentido para pessoas que simplesmente não estão prontas para levar a sério a literatura real. (bléh!)

Parte dessa reação provavelmente decorre da ampla reação pública às poucas séries de fantasia para jovens adultos que ganharam popularidade no mainstream, como a saga Crepúsculo ou os já mencionados Jogos Vorazes . Mas, na verdade, a atitude de desprezo em relação a essas histórias na maioria das vezes parece misoginia direta. Afinal, este é um gênero que não apenas tende a ser mais abertamente apreciado pelas mulheres, mas também aquele que centraliza descaradamente personagens femininas complexas em suas histórias. Muitas vezes, vários deles ao mesmo tempo!

Portanto, a chegada de Sombra e Ossos, da Netflix é bastante emocionante para seu próprio bem: É uma história de propulsão com grandes personagens criados em um mundo de fantasia fascinante, plenamente realizados. Mas também é uma espécie de declaração: que esse tipo de ficção – e as mulheres que a defendem e mais frequentemente a estrelam – têm um lugar importante no mundo da narrativa de gênero. E, felizmente, esta é uma série que mais do que faz jus ao hype de pré-lançamento.

Sejamos verdadeiros aqui, fantasia jovem-adulto, é o gênero que não apenas apresentam grandes personagens femininas, mas que mostra que as mulheres podem e são o que quiserem ser, e não precisa ser salva por nenhum homem – ou macho (oi SJM). Pregando o feminismo desde sempre!

Em Sombra e Ossos, os soldados mágicos de elite conhecidos como Grisha podem manipular a matéria em seus níveis mais fundamentais, permitindo que suas ordens controlem elementos específicos como fogo (Inferni) e água (Tidemakers), objetos sólidos como metal ou tecidos (Durasts), e até mesmo vários aspectos do corpo humano (curandeiros e sangradores).

Na terra de Ravka, inspirada na Rússia, um trecho de terreno dominado por monstros conhecido como Dobra das Sombras ameaça nações mágicas e não mágicas. No centro está Alina Starkov (Jessie Mei Li), uma jovem soldado e órfã que só quer sobreviver e ficar perto de seu melhor amigo Mali (Archie Renaux).

A maioria dos eventos relacionados acontecem no mapa da fantasia: os vigaristas Kaz (Freddy Carter), Inej (Amita Suman) e Jesper (Kit Young) perseguem shows lucrativos e não totalmente legais, um dos quais os coloca em um caminho para cruzar com Alina.

Sombra e Ossos Netflix
SHADOW AND BONE (L to R) FREDDY CARTER as KAZ BREKKER, AMITA SUMAN as INEJ GHAFA and KIT YOUNG as JESPER FAHEY in SHADOW AND BONE Cr. COURTESY OF NETFLIX © 2021

Alina é mestiça (fato que foi criado especialmente para a série, e eu adorei descobrir esse fato!) e um soldado órfão, cartógrafa cuja herança mestiça muitas vezes a faz se sentir deslocada no único país que ela já conheceu.  Mas quando seu melhor amigo de infância, Malyen Oretsev é nomeado como parte de uma unidade militar encarregada de cruzar a mortal Dobra das Sombras – literalmente uma parede gigante de escuridão cheia de monstros com centenas de quilômetros de largura – ela libera um poder que ela nunca percebeu que possuía. Alina, você vê, não é apenas um Grisha, mas uma lendária Conjuradora do Sol, cuja poderosa magia baseada na luz poderia destruir a Dobra para sempre.

Expulsa pelo misterioso General Kirigan (Ben Barnes), o comandante do Segundo Exército de Ravka – também conhecido como aquele com todos os Grishas nele – para aprender a usar suas novas habilidades, Alina se encontra separada de Mal e de tudo que ela já conheceu. Lançada em um mundo que ela não entende e com poderes que ela não pode controlar totalmente, Alina terá que decidir se confia em Kirigan, com suas habilidades baseadas nas sombras igualmente raras e promessas de que eles podem mudar o mundo juntos.

Sombra e Ossos na verdade combina duas das séries de livros de Bardugo em uma – a trilogia de aventura de fantasia também intitulada Shadow and Bone, da qual esta adaptação leva seu nome e a maior parte de seu enredo, e a duologia mais orientada para o roubo chamada Six of Crows . Para os espectadores que não leram os livros (eu mesma inclusa entre) podem sentir uma certa estranheza em relação aos personagens Kaz Brekker, Inej Ghafa, Jesper Fahey e Nina Zenik que tem sua própria trama, que inicialmente parece algo como um segundo show. Mas a série consegue amarrar bem as pontas, e no fim é completamente satisfatório o resultado.

Na verdade, um dos elementos mais marcantes de Sombra e Ossos é o cuidado que dispensa a todos os seus relacionamentos centrais – potencialmente românticos ou não. Uma das críticas mais freqüentemente feitas à ficção popular para jovens adultos é que suas histórias costumam ser desculpas esfarrapadas para criar triângulos amorosos pelos quais os fãs lutam. (Veja também: Gale / Katniss / Peeta, Edward / Bella / Jacob, etc.) Mas esta série realmente vai além neste departamento, adicionando uma profundidade e nuance ao relacionamento de Alina com Mal que nem sempre está presente no romance – e não tem nada a ver com romance. Esse mesmo cuidado e consideração são aplicados a todos potenciais pares da série e é realmente maravilhoso de se ver.

SHADOW AND BONE (L to R) JESSIE MEI LI as ALINA STARKOV and ARCHIE RENAUX as MALYEN ORETSEV in SHADOW AND BONE Cr. DAVID APPLEBY/NETFLIX © 2021

A Netflix também claramente não poupou despesas na criação do mundo fictício de Bardugo, das ruas densas e lotadas de Ketterdam aos campos de treinamento repletos de magia do Pequeno Palácio de Os Alta. Este é um universo que não apenas parece cuidadosamente pensado, mas totalmente vivido.

Claro, Sombra e Osso poderia ter feito um trabalho melhor explicando os detalhes sobre como todos esses locais se relacionam entre si (Kerch é na verdade um país separado! West Ravka não é! – precisei pesquisar isso, confesso. Fiquei bem perdida em relação a fronteira entre os países). Mas isso é detalhes que podem ser resolvidos com uma pequena passada em um vídeo no canal da Netflix no Youtube que explica direitinho isso.

Eu imagino, como esperado – que muitas coisas tenham se perdido na adaptação. Entendo que como uma adaptação para um mídia diferente, é normal que isso ocorra. No entanto, como um todo, a Sombra e Ossos muitas vezes parece absolutamente mágica, uma aventura emocionante que sempre permanece firmemente ancorada na história da complexa heroína em seu centro. E pra mim, isso já foi mais que o suficiente para me deixar muito empolgada, e ansiosa para mergulhar na obra original.

Sombra e Ossos

Sombra e Ossos
5 5 0 1
Baseada na série de best-sellers de Leigh Bardugo sobre o universo Grisha, a série acontece em um mundo destruído pela guerra, onde a órfã e soldado Alina Starkov acaba de descobrir um poder extraordinário que pode ser a chave para libertar o país. Com a ameaça monstruosa da Dobra das Sombras à espreita, Alina é separada de tudo o que conhece para treinar e fazer parte de um exército de elite de soldados mágicos conhecidos como Grisha. Enquanto aprende a controlar seus poderes, ela descobre que os aliados e inimigos não são tão diferentes assim e que nada nesse mundo é o que parece. Além de tudo isso, existem forças malignas em jogo, incluindo um grupo de criminosos muito carismáticos, e só a magia não será suficiente para sobreviver.
Baseada na série de best-sellers de Leigh Bardugo sobre o universo Grisha, a série acontece em um mundo destruído pela guerra, onde a órfã e soldado Alina Starkov acaba de descobrir um poder extraordinário que pode ser a chave para libertar o país. Com a ameaça monstruosa da Dobra das Sombras à espreita, Alina é separada de tudo o que conhece para treinar e fazer parte de um exército de elite de soldados mágicos conhecidos como Grisha. Enquanto aprende a controlar seus poderes, ela descobre que os aliados e inimigos não são tão diferentes assim e que nada nesse mundo é o que parece. Além de tudo isso, existem forças malignas em jogo, incluindo um grupo de criminosos muito carismáticos, e só a magia não será suficiente para sobreviver.
5/5
Total Score
Postagens Relacionadas
Leia Mais

Amazon revela trailer de El Cid

A Amazon Prime Video divulgou primeiro trailer da nova série original espanhola El Cid, estrelado por Jaime Lorente,…