close button

PUBLICIDADE

Tenku Shinpan – Sem Saída

Não posso negar que uma das maiores vantagens em ser uma empresa como a Netflix é poder explorar os mais diversos segmentos do audiovisual. Desde conteúdos para crianças, documentários, series e filmes de todos os gêneros e para todos os públicos e também adaptações de mangás. Isso com certeza dá a ela uma vantagem sobre outras empresas do segmento, já que diversidade é algo que ela realmente leva muito a sério.

Tenku Shinpan é o mais novo anime original da Netflix, que é adaptado do mangá de mesmo nome lançado em 2009 escrito por Tsuina Miura, ilustrador por Takahiro Oba, publicado em 21 volumes.

Uma verdade comúm entre os otakus, é que podemos sim ver muitos animes muito bons, mas que há também aqueles que são tão ruins que vira tabu entre eles sequer comentar. E há os medianos. Aqueles que a gente vê, pensa “hm ok” e as vezes chega até repassar para um amigo, mas não considera importante demais. Tenku Shinpan anda nessa linha da mediano.

Na trama, a estudante de ensino médio Yuri de repente se dá conta de estar no topo de um edifício altíssimo, presa em um mundo bizarro cheio de arranha-céus onde figuras mascaradas matam, sem dó, outras pessoas.

Ela consegue escapar de seu algoz, buscando seu irmão, que também acabou preso nesse “labirinto”. Yuri vai precisar ir de prédio em prédio, matando os “mascarados”, para encontrar seu irmão e dar o fora dali de uma vez por todas.

Embora não possa falar muito sobre a sua trama sob a pena de estragá-la, já que o mistério é o que tenta sustentar a obra, podemos pontuar algumas coisas. Primeira é que infelizmente o roteiro não foi bem planejado. No anime Honjou quanto nós entramos cegos nessa situação. Vamos desvendando tudo lentamente conforme as informações – todas muito fragmentadas – vão se apresentando no meio de uma relação entre as pessoas com máscara, os Anjos, e aqueles sem máscara e que possuem certos poderes, chamados de “Aqueles mais próximos de Deus”.

E caso você não tenha entendido nada do que eu disse, relaxe. Durante 90% do tempo eu também não entendi e é assim que o anime tenta te prender, deixando o espectador com retalhos que você tenta remendar para ter um vislumbre de um todo. A verdade é que não me agrada em nada quando ficamos tão cegos quanto os personagens. Dificil se prender a uma história onde 90% do seu tempo você não compreende nada do que está acontecendo.

Segunda, são as narrativas e diálogos que são extremamente forçados. Além disso, a extrema sexualidade das personagens é um fato que me irritou bastante. Sinceramente, não há necessidade nenhuma de vermos a cada cinco minutos a calcinha da personagem.

Em questões tecnicas e a própria animação de Tenku Shinpan – Sem Saída deixa a desejar, sem nada de destaque no design, e no universo. Você cansa rápido de ver terraços, alguns corredores e uma ou outra sala desprovida de detalhes. A execução da violência também não é chamativa, apresentando muitos cortes na hora H. O que adianta ser um anime com classificação etária +18, se na hora de explodir uma cabeça só vemos silhuetas? Se bem que posso supor que o +18 seja por toda nudez e semi nudez completamente desnecessária.

Mas apesar de todos esses pontos negativos, me vi presa na história em especial nos dois ultimos capítulos onde se culmina na melhor parte da história. Mas confesso que lutar para se interresar pelo todo ainda sim foi complicado. É bizarro ter dizer que de 12 epispódios somente os dois ultimos me agradaram.

De certa forma, o anime tem uma premissa boa para te oferecer, e se você é daqueles que gosta de animes com apelos mais fortes para violência, mistério e suspense, pode ser que esse te agrade. Mas no fim, podemos concordar que Tenku Shinpan não vai passar de um anime mediano.

TEnku Shinpan - Sem Saída

TEnku Shinpan - Sem Saída
2 5 0 1
A história acompanha uma jovem colegial chamada Yuri Honjo, que acaba sendo transportada para um lugar onde vários prédios estão conectados apenas por uma ponte suspensa. Sem qualquer explicação a respeito do que está acontecendo, Yuri logo percebe que várias pessoas estão sendo mortas por estranhos indivíduos usando máscaras, tendo então que tomar atitudes drásticas para se manter viva.
A história acompanha uma jovem colegial chamada Yuri Honjo, que acaba sendo transportada para um lugar onde vários prédios estão conectados apenas por uma ponte suspensa. Sem qualquer explicação a respeito do que está acontecendo, Yuri logo percebe que várias pessoas estão sendo mortas por estranhos indivíduos usando máscaras, tendo então que tomar atitudes drásticas para se manter viva.
2/5
Total Score
Postagens Relacionadas