close button

PUBLICIDADE

Umbrella

Umbrella, é um curta brasileiro dirigido por Helena Hilario e Mario Pece. O nome inglês, que em português significa “guarda-chuva”, visa tornar a obra mais abrangente para o público mundial. E funciona completamente, afinal o filme está na corrida para ser indicado ao Oscar de melhor curta de animação.

Umbrella está disponível no canal do YouTube do Stratostorm até hoje (31/01/2021). O filme conta a história de um pequeno órfão que, sem motivo aparente algum, encanta-se por um guarda-chuva amarelo, pertencente a uma mulher que visita o orfanato em que ele vive. Embora comum, o garoto descobre que o objeto pode fazer muito mais do que apenas protegê-lo da chuva.

A animação é de uma qualidade estupenda. Os personagens se movimentam suave e organicamente, objetos e construções possuem texturas bem feitas e cuidados com os mínimos detalhes se revelam. Esses detalhes dão força para a narrativa e acrescenta a imersão da história.

A ideia e base de Umbrella veio de uma situação real vivida pela irmã da diretora. Moradora de Palmas, no Paraná, ela levou brinquedos a uma instituição, onde conheceu um garoto que pediu um guarda-chuva, justificando seu pedido com a seguinte frase: “Quando meu pai me deixou aqui, estava chovendo, então acho que se eu tiver um guarda-chuva, meu pai vai me buscar”. Se isso não não te deixa mal e de coração partido, pouco provável que qualquer outra coisa fará.

Umbrella, curta animado brasileiro que pode concorrer no Oscar 2021

Umbrella não usa falas, mas aqui se vale das expressões para transmitir seus sentimentos. Ao focar nas expressões e nos olhares, a comunicação se dá por emoções, o que a torna universal. E tudo acompanhado de uma trilha sonora que somente te imerge na mensagem e é impossível não sentir tudo o que está se passando.

Em questão de minutos, o Umbrella cria um universo completo, permitindo que os espectadores se encontrem com os personagens e suas histórias e usem suas histórias para pensar sobre os problemas mais amplos encontrados pelas pessoas ao redor do mundo. Considerar a trajetória do outro e se colocar no seu lugar é um convite à empatia. É lindo, sob a influência de um tsunami emocional, inúmeras sensações transbordam na tela, tocando o coração das pessoas. Nesse caso, é impossível não sentir um certo orgulho ao ver algo dessa qualidade criado pelos brasileiros.

Antes de chegar ao YouTube, Umbrella passou por diversos festivais e agora está na lista de produções consideradas para a categoria de “Melhor Animação em Curta-Metragem” no Oscar 2021, que acontece em 25 de abril. Estamos na torcida!

Postagens Relacionadas