close button

publicidade
O Mundo dos Pequininos é um dos filmes do estúdio Ghibli. Dirigido por Hiromasa Yonebayashi o roteiro é assinado por Hayao Miyazaki. Adaptado do livro The Borrowers de Mary Norton..

Estúdios Ghibli | O Mundo dos Pequeninos

O Mundo dos Pequeninos é um dos filmes que tem uma das histórias mais fofas do qual tive o prazer de assistir até então dos estúdios Ghibli. Na direção temos o estreante, nos anos 2000, Hiromasa Yonebayashi, parceiro de Hayao Miyazaki. O roteiro adaptado pelo próprio Hayao Miyazaki, e baseado no livro The Borrowers de Mary Norton. A narrativa aqui acerta, mais uma vez, ao juntas muitos dos temas do estúdio em uma obra que faz refletir sobre o amadurecimento e a natureza.

Aqui somos apresentados a Sho, um garoto que sofre de sopro no coração. Ele tem o menor contato físico possível com tudo e todos por causa dessa condição. Seus lampejos de felicidade começam graças à aparição de Arrietty. Ela é garota menor que a palma de sua mão, vive com os pais, também diminutos, no assoalho de sua casa. No entanto, o conflito se estabelece desde já, uma vez que os “colhedores” (como são chamados os pequeninos) tomam para sí objetos da casa da tia-avó de Sho para sobreviverem. No seu caminho há Haru, a impertinente empregada que busca descobrir se eles existem de verdade para aniquila-los, a fim de encontrar paz nos seus afazeres.

Uma história de amadurecimento

O Mundo dos Pequeninos retrata o forte vínculo de amizade e compreensão entre seres tão diferentes fisicamente, mas idênticos entre si, como Sho e Arrietty. O menino, mesmo tímido e retraído, conquistou a simpatia da pequena e extrovertida menina diminuta. Esta lhe conta histórias do seu dia a dia, como uma forma dele fugir de sua realidade. À medida que seus problemas cardíacos começam a assumir formas maiores, há cada vez menos contato com outras criaturas e com a própria natureza.

O roteiro não se priva de mostrar o sofrimento do menino em momentos que podem nos deixar aflito, especialmente quando o fim se aproxima. Porém, ao mesmo tempo, ele mostra como esta dor e a amizade com Arriety o fortalecem para o amadurecimento. Outra característica envolvente no filme é a direção de som. Com músicas animadas que nos transportam para o mundo fantástico em que iremos adentrar desde a primeira cena, até os mínimos detalhes de cada movimento dos coletores, em contraste com o dos humanos.

Por fim, O Mundo dos Pequeninos é um filme para toda a família, indispensável para todos os amantes do filmes de animação. Apesar do lado dramático do filme, ele nos surpreende no final e nos permite uma grande reflexão sobre o mundo, a vida e a natureza.

Postagens Relacionadas