publicidade

Pépequeno

Para os Antenados de plantão, sabe que eu sou completamente apaixonada por animações. Logo, eu sempre vou estar exaltando qualquer filme animado. O que dizer? Existe uma eterna criança dentro de mim. Pépequeno já está entre minhas animações favoritas.

Apesar do filme ser de 2018, só tive o prazer de assistir o longa agora neste natal.

Natal | Cinco filmes para assistir na Netflix

Dirigido por Karey Kirkpatrick (Os sem Florestas) Pépequeno vai contar a história do Migo (Channing Tatum) um Yet vai na contramão do que todos os seus semelhantes acreditam: ele tem a certeza que os seres humanos, para eles até então um mito, realmente existem, mesmo que todos da sua espécie neguem.

Então depois de ser exilado de seu vilarejo ele parte em uma aventura para provar que está certo, e que os humanos – pépequenos – existem de verdade!

As diferenças que nos unem

Decerto que um dos maiores ensinamentos que filmes como Pépequeno nos apresentam é que a diferença não deve ser motivo de discordias, e sim algo para nos unir.

Visto que não é de hoje que na história da humanidade há um histórico bem ruim do que diz respeito as diferenças. Seja religiosa, cultural, política, sexual ou de cunhos ideológicos. Sabemos que o ser humano tem dificuldades com aquilo que é diferente dele e de seu lugar comúm.

Então apresentar filmes como Pépequeno onde a mensagem principal trata-se do “diferente não deve ser algo ruim”, é um passo e tanto para nossas crianças – e alguns adultos também.

Tanto quanto importante falar sobre diferenças é falar sobre como devemos sim ser curiosos, questionar e buscar conhecimento é importante para crescermos como índivíduos.

Nesse sentindo, o filme não apenas apresenta essa ideia como a desenvolve muito bem.

Sucesso ou íntegridade?

Outro ponto de destaque em Pépequeno é o humano Percy (James Corden). Percy é um jornalista, apresentador de seu próprio programa sobre a vida animal. Percy assim como todos nós jovens, tinha grandes ambições: Alcançar grande público com seu programa. E também viralizar na internet.

Mas assim como todo jovem que chega a vida adulta, ele descobre que seus sonhos não são assim tão faceis, e que os boletos não vão parar de chegar.

Então ele toma uma decisão. Prentende fazer um video falso para viralizar na internet e então pagar suas dívidas. O problema disto, é que obviamente, o vídeo seria falso.

Então fica ai um questionamento: Sucesso ou integridade?

Outra lição que Pépequeno nos ensina é sobre sermos íntegros, verdadeiros. E alcançar nossos sonhos através disso.

Inocente, mas reforça sua mensagem

A única coisa a reclamar seria do final. Sem dúvida inocente e irreal demais. No entanto vale lembrar que é uma animação. O único impecilho nisso é a própria imaginação.

Mas, mesmo em toda sua inocencia, a ideia apresentada no fim apenas reforça ainda mais toda a ideia apresentada sobre diferenças, tolerância e aceitação.

No fim, Pépequeno se apresenta como uma ótima escolha para a criançada, para a família como uma bela animação, não só visualmente, mas também com uma linda e bela mensagem.

O filme está disponível no Telecine.

Pépequeno

Pépequeno
4 5 0 1
Um yeti, criatura conhecida como o Abominável Homem das Neves, vai na contramão do que todos os seus semelhantes acreditam: ele tem a certeza que os seres humanos, para eles até então um mito, realmente existem, mesmo que todos da sua espécie neguem. Mas ele não desiste tão facilmente de provar a sua tese.
Um yeti, criatura conhecida como o Abominável Homem das Neves, vai na contramão do que todos os seus semelhantes acreditam: ele tem a certeza que os seres humanos, para eles até então um mito, realmente existem, mesmo que todos da sua espécie neguem. Mas ele não desiste tão facilmente de provar a sua tese.
4/5
Total Score


publicidade
Postagens Relacionadas
Leia Mais

Polar

A Graphic novel Polar ganhou sua primeira adaptação cinematográfica da netflix, o Filme foi lançado na sexta-feira (25…
FecharX