close button

PUBLICIDADE

Bienal do Livro | Dicas para auto-publicação com Eldes Saullo

1ª Bienal Virtual do Livro de São Paulo, está rolando até dia 13 de dezembro de 2020. Com o tema Conectando Pessoas e Livros, o evento acontece pelo portal www.bienalvirtualsp.org.br que está dando acesso gratuito a toda programação e novidades do mercado editorial. Com mais de 100 expositores e 330 autores confirmados, o evento conta com uma grade intensa de programação, venda de livros, além de rodadas de negócios.

Gustavo Rosseb e Paulo Stucchi em um bate papo sobre livros de ficção

Rolou no Salão de Ideias, um bate papo muito legal com o Eldes Saullo, fundador da Casa do Escritor, uma casa de consultoria para autores idependentes, onde ele dá algumas dicas para quem quer se tornar um autor de sucesso:

1º O Hábito da Escrita:

Manter o hábito diário da escrita. As pessoas ficam imaginando que “o dia que eu tiver paz, um dia que eu tiver um local, um dia que eu tiver uma hora eu vou começar a escrever meu livro” e não é assim que funciona, você precisa a hora que der e no local que for mais apropriado para você. Você pode escrever em um computador, celular, um tablet, a mão, mas criar o hábito de escrever pelo menos 15 minutos por dia. Porque todas as nossas ações que a gente quer que sigam a adiante elas são feitas de hábitos.

É como o café” ele continua. “Eu estava tentando tirar o açucar do café na parte da manhã, e no começo era horrível, mas passado as três semanas, que dizem ser o tempo para se criar um hábito, e hoje eu já não consigo mais tomar café com açucar. E escrever é a mesma coisa todo dia de 15 em 15 minutos, você pegar, escrever um poquinho, criar esse hábito saudável que é a escrita, vai ter uma hora que você não vai largar mais.

2º Planejamento:

Você planejar o que você vai escrever antes no teu livro é fundamental para que as coisas fluam na hora da escrita. Então quando você planeja, você evita bloqueios criativos, você evita a procrastinação e o seu livro, na hora de escrever, flui de uma maneira muito mais tranquila. Você pode escrever, inclusive, até mais rápido. Você pega um tempo maior planejando, detalhando, cercando, né, que na hora de escrever, seu livro sai muito mais coeso, mais amarrado, com uma história muito mais amarrada e você também escreve em menos tempo”.

Lembrando que isso não é uma regra” ele explica. “Tem gente que diz que não gosta de planejar, e tudo bem. O Planejamento é mais como um poste de luz. Ele ilumina seu caminho, não é feito para você abraça-lo.

Depois da escrita em si, de planeja-lo por partes – as pessoas tem o hábito de pensar assim: “quero publicar um livro”, e isso é uma coisa muito vaga, então, assim, ao invés de você focar no produto final, foca em um capítulo por dia, você já planejou… Vamos supor que seu livro tenha 10 capítulos, então essa semana escreve o capítulo 1, na próxima semana, o capítulo 2, na subsequente, você escreve o 10, porque você já planejou para onde sua história está indo, já sabe o que vai acontecer então não precisa necessáriamente escrever na ordem. Então ao planejar você aos poucos, com as partes indo se encaixando e foco nelas, o dia dia deles, quando você menos espera o teu livro está pronto.

3º Revisão e Edição:

E então entra uma outra fase importante que é a revisão e a edição. Você cortar as arestas, o que está sobrando e fortalecer o que está fraco, fazer os ganchos entre os capítulos, que é algo fundamental e passar por uma revisão que é muito necessário.

4º Publicação:

Depois da escrita, vem a parte de publicação, que é o momento onde você publica seu livro e tem várias ferramentas para usar, não só o e-book ou o impresso sob demanda, mas também o audiobook. E eu digo, você como autor você não pode se dar ao luxo de ficar só com o papel, o leitor sim, pode escolher a mídia, ter o cheiro do papel, a testura do papel, mas nós autores, a gente tem que publicar no maior número de canais possíveis, tanto e-book como o livro o impresso e outras mídias também se for possível.

5º Marketing

E depois disso vem o Marketing; muitas pessoas acham que é só colocar o livro no mundo e daqui a pouco ele vai estar vendendo horrores e estar na lista de mais vendidos e vai se tornar best-sellers sozinho. E na verdade, livro é igual filho, coloca no mundo e a gente tem que ir amamentando, trocar fraldas, e isso se chama marketing.

Muita gente procura editoras, porque as editoras dizem, as vezes, que fazem, e tem algumas que fazem mesmo o trabalho de marketing, outras dizem que fazem, mas não fazem. Muitas já gastaram milhoes em marketingo que não deu em nada, mas também existem muitos autores que se tornaram best-sellers de forma idependente. Então é uma questão de como você vai planejar a estratégia de divulgação. Mas o marketing é isso, você pode fazer ele pelas redes sociais, na internet em geral e meios que você achar mais adequado

A Casa do Escritor é um recurso para autores idependentes, que auxilia em revisões, edições, planejamento e publicação. Ela hoje conta com 97 autores, todos publicados de forma idependente. Para saber mais sobre é só ir em http://casadoescritor.com.br/

Postagens Relacionadas
Leia Mais

A Garota Invisível

Eis que quando se trata de nosso cinema, há todas as possibilidades de vermos as excelentes, boas, medianas,…