close button

PUBLICIDADE

#CCXPWorlds | Irmãos Russos contam novidades sobre seus próximos projetos

Os famosos diretores de Vingadores Ultimato, em painel da CCXP Worlds conta muitas novidades sobre seus próximos projetos e dão conselhos para os próximos diretores do Universo Marvel.

Um dos projetos para os próximos anos é  filme de espionagem de grande orçamento de The Gray Man , estrelado por Ryan Gosling e Chris Evans . Quando o filme da Netflix foi anunciado pela primeira vez, relatos sugeriram que o streamer assinou na esperança de que o projeto gerasse uma franquia, e com certeza, os Irmãos Russo confirmaram que esse é o plano durante o painel.

O que estamos fazendo em The Gray Man que é diferente… não vamos responder a todas as perguntas no primeiro filme”, ​​explicou Joe Russo. “Isso está sendo concebido como uma série de filmes e, novamente, potencialmente ramificando-se , poderíamos seguir outros personagens, mas não vamos responder a todas as perguntas do filme. Então você vai terminar o filme, [e] ter uma história completa, mas ainda terá perguntas sobre o universo mais amplo. E eu acho que essa é uma maneira de quebrar um pouco o modelo, é não dar ao público tudo em um filme. Não tenha uma narrativa fechada. Tenha uma narrativa aberta que seja [como] um capítulo de um livro.

Outro projeto deles é Cherry, filme estrelado pelo talentoso Tom Holland que já vem mostrando seus talentos muito além do MCU. Cherry,  chega à Apple TV + em 12 de março de 2021, o filme mostra Holand como um veterano com estresse pós-traumático que volta para casa para lidar com o vício em opiáceos, miséria financeira e a eventual queda na loucura de assalto a banco. Joe Russo comenta: “Só tenho que dizer que o desempenho de Holland no filme é excepcional. Ele se destrói totalmente no filme.

“No cerne do filme está essa relação entre duas pessoas. Mesmo que o filme seja sobre a maioridade e seja uma história de amor e seja um filme de guerra e é um filme de assalto a banco e é um filme de dependência de drogas, é um grande mistura de muitas experiências de vida complicadas. Mas o cerne disso é a história de amor. O cerne dela é a relação entre os personagens interpretados por Tom e Ciara. Foi nisso que penduramos todo o arco emocional do filme. Por mais complicadas que as coisas se tornem, por mais desesperadas que as coisas fiquem, a única coisa que permanece no filme e que permanece para os personagens é a conexão que eles têm entre si. E como eles podem confiar nisso para seguir em frente apesar de muito circunstâncias assustadoras.” Completa Anthony.

Resgate foi um grande sucesso para a Netflix no início deste ano. Lançado em abril o thriller de ação estrelado por Chris Hemsworth como um mercenário grisalho, rapidamente se tornou o filme original mais assistido na história do streamer. Os Irmãos Russo anunciaram seus planos para uma sequência um mês depois, e agora finalmente temos uma atualização sobre o Extration 2. Um pouco relutante em falar sobre o filme Joe disse pouco, mas nos deu esperança de um projeto incrível.

Ainda não vou me comprometer porque acho mais emocionante surpreender as pessoas, mas direi o seguinte: estamos trabalhando na construção de um universo de filmes que poderia explorar alguns dos outros personagens do primeiro filme e alguns novos personagens, e ver mais interação histórica entre os personagens. Portanto, se você estiver interessado no personagem de David Harbour, talvez o veja em um futuro filme de Extraction .

E Joe Russo também nos deu uma atualização sobre quando eles esperam começar a filmar a Resgate 2 , que verá Hemsworth retornar como Tyler Rake:

A intenção é começar a gravar câmeras na Extração 2 no outono que vem. Chris é um cara ocupado, então temos que descobrir sua programação, mas essa é a intenção no momento.

Os diretores também relembram a maravilhosa atuação de Chadwick Boseman que faleceu em agosto deste ano devido a um câncer de colon.

Mesmo entre os atores que estão no auge de seu ofício, ele se destacou por sua dedicação ao que estava fazendo … seu nível de compromisso com o personagem, consome todas as camadas de seu ser“, disse Anthony Russo.

Ele continua: “Este é um detalhe muito simples, mas no início, quando estávamos filmando Guerra Civil que foi sua primeira atuação como Pantera Negra, foi muito difícil trabalhar com ele para encontrar o sotaque africano específico, a versão específica da África que estávamos tentando transformar no Wakanda ficcional. E uma vez que ele decifrou aquele personagem e encontrou aquele sotaque, ele permaneceu nele durante toda a filmagem, mesmo quando estava fora das câmeras. Ele só falaria daquela maneira como T’Challa. Eu acho que isso apenas fala do fato de quão profundamente ele construiu aquele personagem e como ele teve que se agarrar a esse personagem durante todo o processo, a fim de interpretá-lo. É incrivelmente admirável quando você encontra alguém que coloca esse nível de seu ser e seu foco e todo o seu esforço no que está fazendo, e isso se traduz na tela. Você sente algo diferente ao vê-lo atuar, não apenas como T’Challa, mas em todos os papéis. Ele foi uma inspiração incrível, um ser humano incrível, o cúmulo do profissionalismo e da arte. Estamos muito gratos por nosso tempo com ele. ”

E para finalizar eles também deram um dica muito importante para os novos diretores que estarão na frente dos novos filmes do MCU

Nossa experiência com a Marvel foi que nos conectamos com nossos parceiros [os atores], eles nos puxam para o nosso melhor. Então eu diria, vá fundo no que te inspira e a história que você quer contar. Não há coisa melhor que ter um bom trabalho de equipe com as pessoas que trazem seus sonhos para a realidade. Foque na sua identidade e na identidade que você pode trazer para o MCU“.

Postagens Relacionadas