close button

publicidade

#CCXPWorlds | Alicia Braga, Gabriel Leone e René Sampaio comentam sobre Eduardo e Mônica

“Eduardo e Mônica”, do diretor René Sampaio, vencedor do prêmio de melhor filme internacional no Festival de Edmonton, do Canadá é inspirado na história de amor entre dois jovens completamente opostos da música de Renato Russo. O filme que teve sua estreia adiada por conta da pandemia, ainda não tem data de estreia, mas fez presença na CCXP.

No bate papo que rolou na Thunder Arena, Gabriel Leone e Alice Braga que dão vida ao casal, nos contaram muitas curiosidades sobre as gravações e seus personagens.

Cara, sou muito de Legião Urbana, principalmente por causa de meus pais, eu era bem novo quando Renato faleceu, e ele é um dos meus poetas favoritos, e é um praze atuar um de seus personagens, e é uma grande responsabilidade, não só por ser ator, mas também fã.” comenta Grabriel.

Alice que apesar de conhecer a banda e também a música que inspira o filme, não era tão fã e nem conhecia a fundo. “Fazer o filme me ajudou muito a conhecer mais sobre a banda. Gabi e René me ajudaram bastante. É muito especial fazer essa personagem.

René, que já dirigiu Faoreste Cabloco, começa brincando “Eu estava lá, era tudo mato na minha época! Eu cresci ouvindo Legião, eu era muleque quando ouvi Eduardo e Mônica, mesmo naquela epoca eles já faziam sentido pra mim, e mesmo agora isso não mudou. É incrível como eles conseguem conversar com todas as gerações. Fazer esse filme foi um prazer, e espero muito que o público ame o filme, com o trabalho incrível destes atores

Além disso parece que Eduardo e Mônica não é o ultimo filme inspirado na banda “Está nos planos, sempre existiu a ideia de fazer uma trilogia inspirado em Legião Urbana” conta René.

Braga também contou como foi fazer a Mônica “Foi uma experiência linda. Me tirou da zona de conforto, e de achar o tom de como ela consegue mudar a vida do Eduardo, e como ele muda a vida dela. Foi lindo de criar essa personagem e estou doida para que as pessoas vejam como ela se conecta com Eduardo.

Gabriel teve várias aventuras para se transformar em Eduardo. “Eu gosto bastante de me transformar em cada personagens. e tem alguns que permitem trazer grandes transformações, Eduardo foi um deles. Eu tinha 25 quando gravamos o filme e Eduardo tem 16, e eu tinha saido de outro trabalho que eu estava careca e musculoso, então tive que perder peso, e usei muito megahair pra fazer o personagem“.

Mesmo sem data de estreia, o René ainda tem expectativa de lançar o filme nos cinemas. “É um filme família e foi filmado para tela grande, e queremos que isso aconteça, que estreie nos cinemas. Se eu conseguir segurar no cinema o maximo que puder, farei. As pessoas merecem essa experiência.

Postagens Relacionadas