Invasão Zumbi 2: Península

Quatro anos se passa desde os acontecimentos do primeiro filme, e a Coreia do Sul entrou em colapso. Mesmo Busan que tinha se mantido de pé, acabou sendo infestada pelo virus mortal. Os sobreviventes começaram a ser adotados pelos países vizinhos, como Coreia do Norte, China e Japão. E é ai que nossa história começa. Uma familia de sobreviventes estão a caminho de um navio que zarpa para o Japão, no entanto, enquanto estão a bordo um ferido que estava infectado pelo virus, acabou virando um zumbi e atacando todo o angar inferior.

O navio que tinha destino para o Japão acabou mudando seu curso para Hong Kong, e aquele navio de sobreviventes foi o ultimo a ser acolhido pelos países vizinhos, por causa do incidente ocorrido. Acontece que entre os que foram atacados no angar inferior estava a família de Jung-seok (Dong-won Gang); sua irmã e sobrinho foram mortos.

Alguns meses depois, com eles já vivendo em Hong Kong, Jung-seok e seu cunhado junto de uma equipe são convocados a voltarem para Coreia, conhecida agora como Península, para resgatar um caminhão com alguns milhares de doláres roubados.

Diferente do primeiro filme, onde a relevância maior era sobreviver ao desconhecido, aqui os personagens já tem uma noção de como sobreviver a calamidade que os abate. E mesmo com personagens que entregam uma atuação incrível, não me senti conectada a eles da mesma forma como no primeiro. Talvez porque aqui, não haja a mesma urgência no senso de sobrevivência. Pense bem, Jung-seok e a equipe vão voluntáriamente para o meio do caos. Isso não entrega a mesma emoção.

Aqui não há o choque de que os personagens realmente vão morrer. No primeiro filme quando o roteiro vai te apresentando os personagens, mostrando o esforço para continuar vivos e chegarem a um lugar seguro, e então um a um vão sendo mortos e transformados em zumbi, existe aquela emoção de incredulidade, de choque. Neste aqui eu senti falta disso.

Eles apresentam também um grupo de sobreviventes que são sádicos e vivem em uma comunidade onde a violência gratuita é diversão. Me lembrou muito a saga do “Governador” de The Walking Dead.

O filme continua tendo ótimos efeitos especiais, as maquiagens são incríveis, as cenas de ação são espetaculares. A parte onde as meninas estão no carro e dirigindo nas ruas em meio os zumbis é incrível, bem ao estilo de Velozes e Furiosos.

No entanto, para um universo que sempre pode ser explorado de muitas maneiras, que abre um leque infinito de oportunidades criativas, esse segundo filme não entrega algo que realmente seja inovador. De certa forma acaba até sendo decepcionante se comparado ao primeiro filme.

Invasão Zumbi 2: Península já está em cartaz nos cinemas.

Confira a programação do cinema mais próximo de você e não se esqueça das medidas de segurança. Use máscaras dentro do shopping e nas salas de cinema.

Invasão Zumbi 2: Península

Invasão Zumbi 2: Península
3 5 0 1
Quatro anos após o surto de zumbis que atingiu os passageiros de um trem-bala com destino a Busan, a península coreana ficou devastada. Jung-seok, um ex-soldado que conseguiu fugir do país tem a missão de retornar e surpreendentemente encontra alguns sobreviventes. Ele será capaz de sobreviver novamente ao desastre?
Quatro anos após o surto de zumbis que atingiu os passageiros de um trem-bala com destino a Busan, a península coreana ficou devastada. Jung-seok, um ex-soldado que conseguiu fugir do país tem a missão de retornar e surpreendentemente encontra alguns sobreviventes. Ele será capaz de sobreviver novamente ao desastre?
3/5
Total Score
Postagens Relacionadas
Leia Mais

3%

Chegar ao final de qualquer jornada é a sensação quase invisível de todos que acompanham a mesma, mesmo…