M-8: Quando a Morte Socorre a Vida

Eu sempre fico embabascada quando vejo um brasileiro falar que aqui não tem filme bons. Que as produções nacionais não são boas. E fico imaginando que esta pessoa provavelmente não faz ideia do que está perdendo. M-8 é o tipo de produção que é um verdadeiro tapa na cara da sociedade brasileira. Aquele papo de “nossa, pleno 2020 e as pessoas ainda são racistas no Brasil” é muito claro neste filme. Sim, o racismo estrutural que, de modo muito triste e vergonhoso, é a base onde nossa sociedade brasileira cresceu e foi criada é mostrada aqui de um modo muito firme e nada sutil.

Maurício (Juan Paiva), um garoto preto que foi criado na periferia do Rio de Janeiro e passou na universidade federal para estudar medicina. Em seu primeiro dia de aula ele é apresentado ao M-8 um corpo de um rapaz preto, que será usado para a aula de anatomia para entender o corpo humano. Ao longo do semestre ele é confrontado com a missão de descobrir quem é o M-8, e em seu caminho começa a nos apresentar questões importantes que devem ser refletidas sobre o racismo e estrutura social e onde um preto se encaixa.

Como explicado pelo Jeferson De na coletiva, o filme é realmente cheio de silêncios, e cenas com pouca iluminação, e faz alusão sobre a morte de jovens pretos que é tão frequente aqui no Brasil, infelizmente. O filme traz fortissimas reflexões sobre como as atitudes do dia a dia, que para nós, pessoas brancas, pode ser “normais” é na verdade reflexo de um país que cresceu sobre o sangue de muitos pretos escravizados.

Há uma cena em particular onde Cida (Mariana Nunes) discorre um sermão para o Maurício, e ela é sem dúvida uma das cenas mais fortes, e em meio ao momento ela grita “Não me interrompe que eu sou uma mulher preta falando” e isso pra mim foi o melhor exemplo sobre como as pessoas pretas são escutadas: somente na base do grito. Elas não falam, elas gritam, berram para serem ouvidas. E isso também diz muito sobre nossa sociedade.

M-8 é um filme lindo, que tem uma equipe forte, um elenco maravilhoso e muitas participações especiais. Ele é sensível e delicado ao abordar o assunto, mas isso não significa não ser direto e pontual sobre o que ele está mostrando. É um reflexo da realidade da sociedade brasileira.

O filme estreia dia 03 de dezembro nos cinemas.

M-8: Quando a Morte Socorre a Vida

M-8: Quando a Morte Socorre a Vida
5 5 0 1
Maurício começa a estudar na renomada Universidade Federal de Medicina. Em sua primeira aula de anatomia, ele conhece M8, o cadáver que servirá de estudo para ele e os amigos. Durante o semestre, o mistério da identidade do corpo só pode ser desvendado depois que ele enfrentar suas próprias angústias.
Maurício começa a estudar na renomada Universidade Federal de Medicina. Em sua primeira aula de anatomia, ele conhece M8, o cadáver que servirá de estudo para ele e os amigos. Durante o semestre, o mistério da identidade do corpo só pode ser desvendado depois que ele enfrentar suas próprias angústias.
5/5
Total Score
Postagens Relacionadas