“Mrs. America” estreia amanhã no FOX Premium

Com 10 indicações ao Emmy, incluindo o de “Melhor Série Limitada”, a minissérie foi criada e escrita pela ganhadora do Emmy, Davhi Waller (“Mad Men”) e terá sua estreia nesta terça, dia 29 de setembro, às 23h00 no FOX Premium 1, e retratata história do Movimento de Ratificação da Emenda da Igualdade de Direitos nos anos 70 nos EUA, pela visão das mulheres mais relevantes da época no país.

Com 9 episódios de uma hora, a minissérie explora a luta de poder entre o movimento liberal feminista, que buscava ratificar a Emenda de Igualdade de Direitos – conhecida pela sua sigla em inglês ERA, de Equal Rights Amendment—, um anexo da constituição dos Estados Unidos que garante a igualdade de direitos legais entre homens e mulheres; e o movimento de oposição chamado STOP ERA, liderado por mulheres da ala conservadora republicana.

Cate Blanchett, além de ser a produtora executiva da minissérie, faz sua estreia como protagonista de um programa para a televisão na pele de Phyllis Schlafly, uma dona de casa conservadora que defende os valores familiares tradicionais. Com um passado fracassado na política nos anos 1960, Phyllis volta para a cena política, dessa vez com o apoio de seu marido, o reconhecido advogado Fred Schlafly (John Slattery, “Mad Men”), para impedir que a ERA prospere. Com a premissa de que a igualdade de sexos tiraria todos os privilégios das mulheres como donas de casa e que haveria até o perigo de elas precisarem servir o exército, Phyllis começa, junto com sua melhor amiga Alice Macray, (Sarah Paulson The People v. O.J. Simpson: American Crime Story”), e outras mulheres conservadoras a formar uma organização para impedir que a emenda consiga as aprovações necessárias para entrar em vigor.

Do outro lado, as principais vozes do movimento feminista na luta pela ratificação da ERA são interpretadas por um elenco superestrelado composto por Rose Byrne (“Damages”) como Gloria Steinem, a escritora e cofundadora da revista feminista liberal “Ms.”, reconhecida como a líder do movimento; Margo Martindale (“The Americans”) como a congresista democrata Bella AbzugUzo Aduba (“Orange is the New Black”) como Shirley Chisholm, a primeira mulher afro-americana eleita para o Congresso norte-americano e também a se candidatar à presidência; Elizabeth Banks (“The Hunger Games”) como a  republicana progressistae feminista Jill Ruckelshaus; e Tracey Ullman (“Into the Woods”) como Betty Friedan, pioneira do movimento de liberação feminina e autora do emblemático bestseller “A Mística da Feminina”’. O elenco se completa com Jeanne Tripplehorn (“Waterworld”), Ari Graynor (“The Sopranos”)Melanie Lynskey (“Castle Rock”) e Kayli Carter (“Bad Education”).

“Mrs. America” é uma produção da FX Productions e de Davhi Waller, que além de autora atua como produtora executiva com Stacey Sher (“Django Unchained”, “Erin Brockovich”), Coco Francini (“The Hateful Eight”)Cate Blanchett e com a dupla Anna Boden & Ryan Fleck (“Captain Marvel”, “Billions”), que também são diretores em quatro episódios.

“Mrs. America” é baseada em fatos reais que ocorreram durante os anos que durou o debate sobre a Emenda da Igualdade de Direitos nos Estados Unidos. Alguns personagens, caracterizações, incidentes, locais e diálogos são criações ficcionais com fins de dramatização.

A produção já está disponível de forma completa no App da FOX, para assinantes.

Related Posts