0

Fomos todos pegos de surpresa na última sexta-feira, 28 de agosto, quando foi noticiado a morte do ator Chadwick Boseman, que deu vida ao Rei de Wakanda, Pantera Negra, dentro do Universo Cinematográfico da Marvel. A Globo, atendendo a pedidos de fãs e fazendo uma homenagem ao astro, exibirá pela primeira vez na televisão aberta Pantera Negra, longa do herói que faz parte do MCU.

Antes da exibição, que acontecerá na segunda-feira, dia 31 de agosto, o apresentador Manoel Soares, do programa É de Casa, irá falar sobre a importância história de um filme de super-herói ter sido protagonizado por um ator negro, além de ter um elenco em seu maioria composta por atores negros, e uma equipe de produção igual.

Eu esperei quase 40 anos para ter um super-herói parecido comigo e a pessoa que personificou esse sonho não está mais entre nós. Chadwik Boseman representou essa geração que ansiava por isso e se espelhou nessa conquista. Nesse momento em que o povo negro luta muito por representatividade, é lindo a TV Globo fazer essa homenagem, para um homem e um filme que transformaram o imaginário social. Hoje, quando se pensa em África não se pensa só em pobreza e morte, mas também em Wakanda.

Me fantasio de Pantera Negra para os meus filhos. Tenho paixão pelo personagem e também por isso é um orgulho imenso interagir com o filme através dessa homenagem.

comenta Manoel, que gravou a chamada de sua casa

O longa conta a história do personagem da Marvel Comics, que após a morte de seu pai, o Rei T’Chaka (John Kani), T’Challa (Chadwick Boseman) retorna ao seu reino em Wakanda para a cerimônia de coroação. Mas a chegada de um possível concorrente para o trono desestabiliza a imagem de T’Challa, e agora ele precisa lutar pelo seu trono de direito.

Aclamado pela crítica especializada, o longa teve destaque em seu elenco, figurino, sequências de ação, trilha sonora, roteiro e direção, além de ter uma importância vital para a representatividade cultural africana e ter como um afroamericano a posição de um super-herói que encabeça uma produção solo, e ter um elenco majoritário de atores negros.

Além da crítica, o filme acumula diversas indicações e prêmios, como sete indicações ao Oscar 2019, com três vitórias para Melhor Figurino, Melhor Trilha Sonora Original e Melhor Direção de Arte, se tornando o único filme da Marvel Studios a receber o prêmio da academia, e ter sido indicado a categoria de Melhor Filme. O filme ainda acumula três indicações ao Globo de Ouro 2019, dois prêmios do Sindicato de Atores (SAG Awards) e doze indicações ao Critics’ Choice Awards, vencendo três categorias.

Pantera Negra será exibido no Tela Quente, após a novela, na Rede Globo.

0

Você Pode Gostar!