Xiaomi lança Mi 10 Ultra e Redmi K30 Ultra em comemoração aos dez anos da empresa

A xiaomi realizou no último dia 11 um evento em comemoração aos seus dez anos de existência.

E para comemorar os dez anos e o sucesso da empresa que faz de um tudo, foram lançados os novos topos de linha Mi 10 Ultra e Redmi K30 Ultra

Mi 10 Ultra

O smartphone mais caro e poderoso da linha Mi chegou com a maior pontuação da DxOMark utilizando um sensor de 48 MP Omnivision, o que prova que Mega Pixel não faz uma boa câmera.

Também prova que a Xiaomi, quando quer, consegue fazer boas câmeras, nem que seja para um bom ranking no DxOMark.

Tela e Construção

Apesar do nome ultra, esse Mi 10 vem com uma tela OLED de 6,67″ Full HD+, 19,5:9, HDR+, frame rate de 120 Hz e taxa de amostragem de 240 Hz (a resposta aos toques na tela).

A tela ainda abriga o sensor fotográfico no canto superior esquerdo e tem bordas curvas, no melhor estilo Galaxy S10 e anteriores.

Sua lateral de metal segue a do smartphone, sendo mais clara na cor branca e mais escura na versão cinza. A versão transparente tem uma lateral mais escura, também.

O curioso aqui é que a Xiaomi optou 0or colocar o Gorilla Glass 5 na frente e o Glass 6 na traseira. Se a última geração sempre vai ser mais resistente que a anterior, eu prefiro que minha tela fique inteira em caso de impactos e vocês?

Na traseira temos vidro com acabamento fosco e na região das câmeras um grande bloco na cor preta, com um destaque cromado para a lente periscópica que pode chegar a 120x de zoom híbrido, mas que nunca é uma boa opção.

Bateria e desempenho

A bateria do Mi 10 Ultra é de 4.500 mAh, a mesma da versão Pro, que deve ser o suficiente para um dia inteiro de uso. Seu processador é o 865.

A versões de 8 GB, 12 GB e 16 GB de RAM também estão presentes aqui nesse smartphone, com o armazenamento de 128, 256 e 512 GB de armazenamento interno sem expansão.

Um ponto forte desse aparelho fica para os modos de carregamento, que para o uso do cabo e tomada que acompanham o smartphone, você tem uma carga de 120 W, que pode te dar 100% de carga em 27 minutos.

Se não é o bastante, você também tem a opção de carregamento sem fio de 50 W e carregamento reverso de 10 W.

Ou seja, sem bateria você não fica. Seja por fio, QI Charge, carregamento reverso para seus gadgets suportados, tudo vai carregar rápido.

Ficha técnica – Mi 10 Ultra

  • Tela: OLED de 6,67″ (2400×1080 pixels) 19,5:9, ~386 ppi, HDR 10+, 120 Hz e 800 nits de brilho;
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 865, Octa-core (1×2,84 GHz Kryo 585, 3×2,42 GHz Kryo 585 e 4×1.8 GHz Kryo 585), 7nm; GPU Adreno 650;
  • Conectividade: 5G, Wi-Fi 6, NFC
  • RAM: 8 GB, 12 GB e 16 GB DDR 5;
  • Armazenamento interno: 128 GB, 256 GB ou 512 GB UFS 3.1;
  • Câmeras traseiras:
    • Principal: 48 MP (f/1.9), 1.2 μm, foco a laser, PDAF e OIS
    • Telefoto: 48 MP (f/4.1), 120 mm 5x Óptico e com zoom híbrido de 120x
    • Telefoto: 12 MP (f/2), 1.4μm 2x zoom óptico;
    • Ultrawide: 20 MP (f/2,2), 1μm e 128⁰ de abertura;
    • Câmera frontal: 20 MP (f/2.3), 0.8 μm EIS;
  • Sistema operacional: Android 10, MIUI 12;
  • Bateria: 4.500 mAh com carregamento rápido de 120 watts; 55 watts QI Charge e 10 watts reversível QI;
  • Extras: Sensor sob o display, NFC, Infravermelho, Som estéreo;
  • Cores: Mercury Silver, Obsidian Black e Transparent Edition
  • Preço:
    • 5.299 yuan (~ R$4130,00 em conversão direta, sem impostos aplicados) para a versão de 8 GB + 128 GB;
    • 5.599 yuan ( ~R$4360,00 em conversão direta, sem impostos aplicados) para a versão de 8 GB + 256 GB;
    • 5.999 yuan (~R$4670,00 em conversão direta, sem impostos aplicados) para a versão de 12 GB + 256 GB;
    • 6.999 yuan (~R$5450,00 em conversão direta, sem impostos aplicados) para a versão de 16 GB + 512 GB;

Redmi K30 Ultra

Para continuar a comemoração, a Xiaomi que é dona da Redmi, apresentou o Redmi K30 Ultra, que é tudo o que o K30 Pro deveria ter sido, exceto pela diminuição na bateria.

Design K30 Ultra

O aparelho traz as mesmas características do K30 Pro com as câmeras alinhadas em um círculo na traseira, de forma menos agressiva ao design do smartphone.

Diferente do Mi 10 Ultra, o Redmi K30 Ultra tem um acabamento de vidro brilhante, mais reflexivo. Tanto a tela como a traseira trazem a tecnologia Gorilla Glass 5, com alumínio nas laterais do smartphone.

Processamento e memórias

A Xiaomi começou sua caminhada com a MediaTek e não poderia deixar de fora da comemoração de 10 Anos os SoCs da fabricante que vem ganhando notoriedade nos últimos anos com seus lançamentos HelioG, sua linha gamer intermediária.

Aqui temos o primeiro processador topo de linha em anos, feito pela MediaTek, o Dimensity 1000+ (7nm). Ele possui 4 núcleos rodando a 2,6 GHz, Cortex A77 e 4 núcleos rodando a 2 GHz, Cortex A55. Na sua GPU temos a Mali-G77 MC9.

É fato que esse SoC não é capaz de bater o Snapdragon 865 da Qualcomm, no entanto ele traz um conjunto de rede 5G mais avançado e preço consideravelmente menor, o que ajuda no custo benefício.

Ele ainda traz suporte a rede wi-fi 6, NFC e sensor de infravermelho.

Bateria

O K30 Pro tem bateria de 4750 mAh, mas o Ultra tem 4500 mAh. Por algum motivo a Redmi resolveu baixar o número da bateria e isso pode vir a ser um problema, pois os chipsets da MediaTek nunca foram econômicos.

No quesito carregamento, temos um pequeno avanço, saindo de 30 W para 33 W. Essa pequena diferença pode salvar seu tempo, mas não sei se tanto assim, uma vez que a velocidade de carregamento vai diminuindo conforme a bateria vai enchendo.

Câmeras

O smartphone conta com quatro lentes traseiras e uma lente pop-up frontal, deixando o display AMOLED livre de entalhes.

A lente principal conta com 64 MP, f/1.9 e 0.8 μm. A lente ultrawide é de 13 MP, f/2.4, 119⁰ e 1.2 μm.

Já na lente telefoto, temos 5 MP e também a função macro. E, pela primeira vez, eu vejo a lente ultrawide recebendo mais destaque que uma lente zoom.

Por fim, para suas fotos com efeito desfocado, temos o sensor de 2 MP, f/2.4.

A gravação de vídeos pode chegar a até 4K 30 fps e Full HD 960 fps para super slow motion.

Ficha técnica – Redmi K30 Ultra

  • Tela: AMOLED de 6,67″ (2400×1080 pixels) 20:9, ~395 ppi, HDR 10+, 120 Hz e 500 nits de brilho;
  • Processador: MediaTek Dimensity 1000+, Octa-core (4×2,6 GHz, Cortex A77 e 4×2 GHz, Cortex A55), 7nm; GPU Mali-G77 MC9;
  • Conectividade: 5G, Wi-Fi 6, NFC
  • RAM: 6 GB e 8 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB, 256 GB ou 512 GB;
  • Câmeras traseiras:
    • Principal: 64 MP (f/1.9), 0.8 μm
    • Telefoto: 5 MP (f/2.2) com zoom híbrido de 120x
    • Ultrawide: 13 MP (f/2,4), 1.12 μm e 119⁰ de abertura;
    • Sensor de profundidade: 2 MP, f/2.4;
    • Câmera frontal: 20 MP
  • Sistema operacional: Android 10, MIUI 12;
  • Bateria: 4.500 mAh com carregamento rápido de 33 watts;
  • Extras: Sensor sob o display, NFC, Infravermelho, Som estéreo;
  • Cores: Moonlight White, Midnight Black e Mint Green
  • Preço:
    • 1.999 yuan (~ R$1550,00 em conversão direta, sem impostos aplicados) para a versão de 6 GB + 128 GB;
    • 2.199 yuan ( ~R$1705,00 em conversão direta, sem impostos aplicados) para a versão de 8 GB + 128 GB;
    • 2.499 yuan (~R$1935,00 em conversão direta, sem impostos aplicados) para a versão de 8 GB + 256 GB;
    • 2.699 yuan (~R$2090,00 em conversão direta, sem impostos aplicados) para a versão de 8 GB + 512 GB;

Conclusão

Com base no que temos de especificações listadas, esses dois smartphones não fazem sentido para o sufixo Ultra, sendo mais do mesmo do que já temos visto nos lançamentos anteriores.

A Xiaomi já falou que não pretende lançar essas versões comemorativas fora da China, o que não impede a empresa de lançá-los com nomes diferentes.

Related Posts