0

Chamando agora de Mi Smart Band 5, a Mi Band chegou oficialmente pela DL em parceria com a Xiaomi no último dia 29. Juntamente a ela, temos também a Mi Smart Band 4C, que nada mais é que a Redmi Band em sua versão global.

Diferente da versão chinesa, a Mi Band 5 chegou sem inúmeros recursos, quando comparado a sua variante chinesa. Não há NFC, não há oxímetro, não há eletrocardiograma. Ou seja, ela é a Mi Band 4 com um display maior e com acompanhamento de ciclo menstrual, o que é uma boa notícia para as mulheres.

Mi Smart Band 5

Novas funções

No software a Mi Band não decepcionou, adicionando funções nativas como controle de músicas e câmera de forma remota, nativamente. Além disso, há uma série de exercícios que são detectados de forma automática para que você se preocupe só com suas atividades físicas.

É possível monitorar e acompanhar os treinos, com acelerômetro e sensores de giroscópio tridimensionais, além do monitoramento da frequência cardíaca, pressão do corpo e qualidade de sono. Em um treino específico, o usuário tem rapidamente as informações sobre a distância percorrida, a quantidade de calorias perdida, o pace que está seguindo e o nível de intensidade do exercício.

A versão ganha novas modalidades de exercícios, entre elas, corda, elíptico, bicicleta ergométrica, yoga e remo.

Outra nova função que a pulseira inteligente traz é um exercício de respiração ao detectar automaticamente níveis de stress que o usuário possa apresentar no dia a dia. A Mi Band 5 conta com a função PAI (Personal Activity Intelligence), que oferece o controle das atividades com métricas com embasamento científico, a partir de pesquisa realizada para identificar problemas cardiovasculares.

Especificações

Indo para especificações existentes na Mi Band 5, temos aqui uma tela de 1,1″ Super AMOLED, Bluetooth 5.0. Bateria com duração média de 14 dias, conector magnético para carregamento na parte inferior, junto a dois novos sensores de batimentos cardíacos e controle de sono.

Sobre a Mi Band 4C

Praticamente tudo é igual entre elas, exceto pelo carregador que vem embutido na pulseira, parecido com a Huawei Band 4.

Nas demais especificações temos tela de 1,08 polegada e resolução de 220 x 128 pixels, com brilho que alcança os 200 nits. Com tela colorida, é capaz de exibir horário, notificações e outras funções – sem NFC para pagamento (o modelo brasileiro da Band 5 também não tem).

O modelo continua ideal para acompanhar os treinos e atividades físicas, através do leitor de batimentos cardíacos.  Além disso, é possível acompanhar 5 tipos de treinos: corrida rápida, esteira, bicicleta, caminhada e exercício.

Preço e disponibilidade

O modelo da Mi Band 5 chega por R$499,00, enquanto a Mi Band 4C chega por R$29900.

Ambas as pulseiras inteligentes estão disponíveis no e-comerce da marca e em parceiros varejistas. Para mais informações veja aqui.

0

Você Pode Gostar!