ROG Phone 3 é apresentado com até 16 GB de RAM e Snapdragon 865+

Já era sabido de todos que o Snapdragon 865+ seria apresentado junto o ROG Phone 3, assim como foi com o Snapdragon 855+ em 2019. Além disso, o smartphone traz configurações bastante robustas, mas corta algumas features queridas por alguns usuários.

Construção e Tela

O ROG Phone 3 traz um corpo de vidro único, diferente da geração anterior que trouxe uma grelha para representar o refrigeramento do smartphone. O smartphone traz uma cor mais sóbria, sem as múltiplas linhas coloridas olográficas, que mudavam de cor conforme a refração da luz.

A tela tem 6,6″ com bordas simétricas encima e embaixo, sem recortes. A taxa de atualização é de 144 Hz, que traz uma fluidez ainda maior que os 90 Hz que chegam em alguns smartphones em 2020, e mais perceptível que os 120 Hz do Rog Phone 2.

Para os gamers isso traz uma fluidez muito maior para os jogos suportados. Se você mudar de um smartphone de 60 Hz, 90 Hz ou até mesmo 120 Hz, você sentirá sim a diferença.

Além disso, temos aqui uma sensibilidade ao toque de 270 Hz, que dá uma resposta ao toque do seu dedo muito mais rápida que em aparelhos comuns, com latência de apenas 1 ms, resposta de 25 ms aos toques e calibragem de cor de -1 delta.

Bateria e Processamento

Em termos de energia, você consegue ter um desempenho melhor, com o mesmo tanque. Segundo a Asus, você pode jogar até 9 horas com esse smartphone com uma única carga na bateria de 6.000 mAh.

Em comparação com a versão anterior, a estimativa era de até 7 horas com os mesmos seis mil mAh de bateria.

Já no processamento, vemos que a Asus não economizou nesse sentido.

Equipado com um Snapdragon 865+ com um clock máximo de até 3,1 GHz, a Qualcomm promete 10% mais performance de CPU e GPU, se comparado ao recente Snapdragon 865 comum, que já é poderoso.

Com versões de 12 GB ou 16 GB de RAM LPDDR5, que garantem melhor consumo energético e mais estabilidade, aliado aos 512 GB de armazenamento, UFS 3.1, não expansíveis.

A Asus também lançou uma versão menos poderosa, e menos cara do ROG Phone 3, o Strix, que conta com 8 GB de RAM e 256 GB de ROM.

Cameras

Apesar de não ser o foco aqui, a Asus parece ter feito um bom trabalho no quesito câmeras para esse telefone.

Uma lente Sony IMX 686 de 64 MP, f/1.8 e 1.6 μm, uma segunda lente de 13 MP ultrawide, f/2.4 e uma terceira lente Macro de 5 MP, f/2.5. A câmera frontal tem 24 MP, f/2.0.

Conclusão

A Asus não deu certeza de quais mercados terão o ROG Phone 3 primeiro, mas o Marcel Campus já deixou a entender que a empresa não tem previsão para o mercado brasileiro, devido as altas variações de dólar e crise de mercado por conta da pandemia.

O ROG Phone 3 chega sem entrada de 3.5 mm, o famoso P2, e também não traz o suporte a cartão Micro SD. Para compensar, a marca coloca um Cooler que traz uma porta P2 e uma USB-C e também 512 GB de armazenamento como base, sendo que o Strix vem com 256, que já é o bastante para MUITA gente😅.

Os preços são elevados, mas se equiparam aos demais lançamentos de fabricantes como Samsung, Motorola, OnePlus.

  • €799,00 (R$4710,82 em conversão direta, sem impostos) 256gb, 8 GB, por – ROG Phone 3 Strix
  • Por €999,00 (R$5890,00 em conversão direta, sem impostos)- ROG Phone 3 512 GB, 12 GB
  • ROG Phone 3 512 GB, 16 GB, por €1099,00 (R$ 6479,59 em conversão direta, sem impostos)

Outro ponto a ressaltar é que o Aero a tive cooler do ROG Phone 2 não funciona no ROG Phone 3, mas vem uma versão atualizada na caixa.

Related Posts