CríticaDestaqueSéries e TV

Crítica | Médici – Masters Of Florence

0

Como uma indicação indireta, recebi essa série não esperando muito dela, apesar de seu elenco forte ter me chamado muito a atenção, afinal temos o vencedor do Óscar Dustin Hoffman, e também Richard Madden (Rob Stark de Game Of Thornes) nos papéis principais; No entanto ao longo dos poucos minutos do primeiro episódio me vi completamente envolvida em uma trama muito bem construida. E me é estranho o pouco conhecimento que o público tem desta série, porque sua produção é explendida. Dotada de um bom elenco, a produção transforma uma narrativa histórica em roteiro vibrante que envolve ação, relações familiares, arte e estratégia de guerra.

Hoffman vive Giovanni, patriarca da familia Médici, que morre logo no episódio piloto, mas que continua tendo suas aparições ao longo dos episódios em flashbacks. Madden vive Cosimo, filho e herdeiro na liderança do Banco Médice. Junto os dois constroem uma narrativa muito complexa e cheia de paradóxicos sobre a relação familiar e também seus conflitos políticos, ao tentar levar a familia Médice a ser lider na cidade.

Além disso, não só essas complexidades fazem de Médice uma série tão magnifica, como também toda a cenografia. Toda a história se descorre na bela Florença do século XV, que hoje é um dos pontos turisticos da Itália, com a grande catedral de Santa Maria del Fiore, como um dos pontos principais. Além disso temos também uma trilha sonora, que para essa humilde crítica, é uma das melhores já ouvida.

História

Como uma série biográfica, ela se mantém atenta a todos os acontecimentos reais, não ignorando detalhes como a inclusão de Papas ao poder, ou a artistas da época como Donatello. Históricamente falando, os Médici foram um ponto crucial para o inicio do Renascimento Italiano.

Seja pelo Duomo da belíssima igreja Santa Maria del Fiore ou pela estátua “David” de Donatello, os Médici encontram resistências, tanto na elite como na população que viam as obras renascentistas como um testemunho da decadência do Ocidente. No entanto se mantendo firme e usando de sua influência politica, conseguem dar vazão ao movimento artístico e inaugurar um novo pensamento – marcando o início da Idade Moderna.  A série consegue captar bem essa essência, e traz todo o trama de Cosimo para conseguir introduzir sua influência e o nome de sua família lideraça de Florença.

Disponível no Globoplay.

Médici: Master Of Florence

10

Com um roteiro bem elaborado, um elenco de peso, uma trilha sonora cativante, cenários explendidos, e atuações incréveis, a série tem uma história fechada, se atenta aos fatos históricos, e se encerra de maneira certeira, sem deixar pontas soltas, e mostra com destreza a influência da Familía Médici e como ela trouxe uma nova era nas artes e nos conceitos se marcando na história.

  • Roteiro
  • Trilha Sonora
  • Cenário
  • Fotografia
  • Atuação
    0