DestaqueReviewTech

Review | Multilaser H

0

Lançado no fim de Dezembro de 2019, o smartphone da marca Multilaser chamou a atenção da mídia por ser um dos poucos intermediários a trazer um Snapdragon 710, da Qualcomm, quando a maioria em sua faixa de preços vinham com um Snapdragon 636, 660 ou similares (como é o caso dos smartphones da linha Galaxy).

Além de se destacar pelo processamento bom para a categoria, um dos maiores destaques do Multilaser H é o seu preço, que na época foi lançado por R$1.399,00 e hoje está no site da Multilaser por R$1.599,00, mas se procurar bem, ainda dá para achar pelo preço de lançamento.

Design e Construção

A Película que vem na embalagem está trincada, mas o smartphone não caiu no chão, não há motivo para que isso tenha ocorrido
Geek Antenado / Clayton Rodrigues

Os smartphones da Multilaser começaram a se adaptar aos desenhos mais atuais de smartphones desde que os padrões de telas começaram a mudar para o 18:9 ou 19,5:9. Aqui no H não é diferente, seguindo a linha de design de 2019, o entalhe em forma de gota, a traseira com câmeras em semáforo, com um detalhe vermelho em volta do flash LED dual tone e um sensor de impressões digitais físico na traseira.

Seu corpo é todo em plástico, mas de boa construção, o que pode fazer alguns virarem o nariz, mas não foge do que a maioria das empresas estão fazendo desde o segundo semestre de 2019. Na sua carcaça há a furação para fones de ouvido P2, microfone, USB-C e alto-falante na parte debaixo, os botões de volume e energia na lateral direita, mais um microfone na parte superior e a bandeja híbrida na esquerda. Acima da gota que abriga a câmera, temos um falante apenas para ligações e um LED para notificações na cor azul.

Para finalizar esse tópico, as bordas em volta da tela são estreitas, inclusive o queixo é menor que alguns aparelhos que estão na mesma faixa de preço e, oferecem menos poder de processamento que ele.

Bateria e Desempenho

Por se tratar de uma empresa brasileira e já ter passado por alguns graves problemas de produtos pouco duráveis, muitas pessoas me julgaram por estar usando um aparelho da Multilaser. Uma coisa que ouvi foi o comentário: “A empresa é tão boa que não deu nem um nome para o aparelho, deu só uma letra”.

De fato eu também tive minhas incertezas sobre tudo nesse dispositivo e tenho minhas críticas, mas não é aqui nesse trecho da resenha.

Aqui estão os games que foram testados nesse aparelho

A bateria do Multilaser H traz boa autonomia de uso e um tempo razoável de carregamento. Ao ser descarregado 100%, o Multilaser H demora em torno de 35 minutos para recarregar 39% da bateria, chegando aos 100% em pouco mais de duas horas com a tomada que vem na caixa. Após estar carregado, o smartphone dura de boa um dia inteiro, sem a necessidade recargas no meio do dia, a menos que você passe o dia jogando, daí com umas seis horas seguidas você pode receber aquela notificação de 20% de bateria, que vai aparecendo a cada 5% de descarga depois da primeira notificação.

Ainda em Hardware, o áudio desse smartphone é pífio, sem definição, com bastante distorção no volume máximo e pouca definição no som. Com os fones de ouvido ele se torna um ótimo aparelho para multimídia, mas não espere um fone absurdo acompanhando na caixa. Ele é só OK.

Software e Armazenamento

Já na questão de software e processamento, temos um ótimo desempenho para multitarefas e games. Não teve nada que eu rodasse nesse aparelho que engasgou durante esses quase dois meses de uso. Tanto é que mesmo testando os novos Moto G8 e G8 Power, ele não voltou para a caixa por um motivo que falo mais a frente.

Nos jogos ele é campeão. Call Of Duty, PUBG Mobile, Asphalt 9, Mortal Kombat, Mario Kart e o queridinho Fortnite (esse que dá muito trabalho para ser instalado) rodaram muito bem nesse smartphone, rodando no maior gráfico permitido pelos jogos com quase nenhum travamento, com pouquíssimas ressalvas. Os 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento dão uma folga bem grande para quem quer esse smartphone com foco em games.

O software desse smartphone tem pouquíssimas modificações, com um app da Multilaser pré instalado, no qual você não pode desativar ou desligar notificações e o multitarefas dele ainda é muito semelhante aos Androids mais antigos. A versão do Android ainda é a 9, Pie, com atualização de segurança de Dezembro. Não temos informação da Multilaser sobre atualização do sistema para o Android 10, o que pode ser um problema já que a maioria das empresas operantes no Brasil dão garantias de uma atualização de versão e dois anos de atualizações de segurança.

Câmeras

Uma coisa que é difícil acertar sem um grande investimento é na parte de câmeras em um smartphone. Números não são relevantes se não são bem aplicados, seja megapixel ou quantidade de lentes.

Podemos encontrar nesse smartphone 3 lentes traseiras, sendo uma de 16 MP para fotografias, uma lente zoom de 2x de 8MP e um sensor para desfoque de 5MP. A Câmera frontal também tem 16 MP, f/2 com uma qualidade que me parece melhor que a câmera traseira.

As fotos e vídeos não têm boa qualidade, o que o coloca em competição com os aparelhos mais próximos de seu preço de lançamento, como Galaxy A20, M20, qualquer intermediário da LG ou Motorola da linha MOTO E.

Se seu foco é fotografia, você pode instalar o APK da famigerada GCAM, que funciona bem e sem necessidade de ROOT. Mas como o foco aqui é analisar o que o aparelho oferece, não use esse smartphones para fotos em ambientes internos e mau iluminados. Ao ar livre durante o dia, ele faz boas fotos.

Para mais fotos em qualidade original Clique Aqui

O que vem na caixa?

Conclusão

Se você procura um bom smartphone com potencial para jogos e bom multitarefa, o Multilaser H é o smartphone para você. Apesar de ter uma câmera bem fraca, ele atende bem para quem gosta de postar apenas nas redes sociais. Agora, se você é daqueles que gostam de fazer vários retratos, analisar os detalhes da imagem e mostrar para os amigos, instala a GCAM ou procura um smartphone um pouco mais caro, mas que vai entregar boa fotografia.

E aí, sobrou alguma dúvida? Te interessou o smartphone? Você acha que ele é para você? Nos fala um pouco mais nos comentários ou nas redes sociais.

Ficha Técnica – Multilaser H

  • Tela: Full HD de 6,3″ IPS LCD
  • Processamento: Snapdragon 710 octa-core de 2,2 GHz e GPU Adreno 616
  • Memória e Armazenamento: 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento com expansão via Micro SD
  • Cameras:
    • Frontal: 16 MP
    • Traseira: 16 MP principal, 8 MP zoom 2x e 5MP para desfoque
  • Bateria: 4.000 mAh com carregamento rápido
  • Sistema Operacional: Android 9, Pie – sem modificações
  • Outros: USB-C, Conector P2, Leitor de Digitais na traseira

Multilaser H

8.5

Os smartphones intermediários no Brasil são os mais vendidos, mas não são originalmente de empresas brasileiras. Com isso, o famigerado custo Brasil vem sendo bastante explorado para a elevação dos preços, com smartphones sendo lançados acima dos R$2000,00, desvalorizando meses depois. A Multilaser conseguiu com o H, trazer um preço abaixo dos concorrentes e desempenho até superior, se comparado a maioria que está numa faixa de preço de R$ 2000,00.

Pró - Multilaser H
  • Desempenho
  • Armazenamento interno e RAM
  • Bateria
  • Tela com bom Brilho
  • Boa construção
  • Preço
Contra - Multilaser H
  • Fotos abaixo do esperado para o desempenho
  • Vídeos péssimos
  • última atualização de segurança de Dezembro, com Android 9, Pie
  • Auto-falante mono com péssima qualidade.
0

Você Pode Gostar!