DestaqueReviewTech

Análise | Motorola One Macro

0

Distinto modelo do programa Android One assim como o Zoom, a Motorola entra com mais um aparelho da linha One voltada para fotografia. Ele possui boa configuração e ótimo rendimento de autonomia chegando a ser igual ao Moto G8 Plus. Mas vale a pena comprar o One Macro?

Design

O One Macro segue a linha de design que a Motorola aplicou aos seus lançamentos. Desta vez com modificações do modelo mais recentes e que demonstram diferenças perto dos dois modelos da linha G. A principio o que destaca na traseira é a lente macro. Já o resto é apenas mais do mesmo. O que destaca é a cor Azul espacial mostrada na foto acima.

Tela e multimidia

A Tela do One macro é de 6,2 polegadas com resolução HD+ densidade de pixels muito baixa para os padrões do mercado. Isso não significa que a tela é ruim mas que poderia ter mais qualidade mesmo que a tecnologia fosse IPS LCD. Ainda sim não espere muito da qualidade que é apenas boa em muitos aspectos. Já a qualidade de áudio não é como o Moto G8 Plus mas dá pro gasto em algum momento.

Hardware e desempenho

O processador talvez ganhe um papel importante para usuários mais exigentes. Mesmo que fosse um MediaTek Helio P70 ele acaba sendo competidor por igual do Snapdragon 665 do G8 plus com os mesmos 4 GB de RAM e 64 de armazenamento, o dispositivo da conta de tarefas básicas e mais exigentes. Só teve problema com altas temperaturas ao usar ele de forma mais moderada e também com stories do Instagram. Mas nada compromete seu desempenho em outros tipos de tarefa como escrever matéria e rodar jogos sem nenhum travamento.

Câmera

Foto feita com One Macro

O principal atrativo do One Macro é a câmera com uma lente super macro. Mas que na verdade ele acaba desapontando um pouco quando se usa em ambientes internos. Ele se adequa mesmo em fotos com mais luz e onde traz mais niveis de detalhes nas imagens, como arvores ou plantas. Mas não use ela a noite com luz artificial pois o resultado são fotos granuladas e sem muitos detalhes. Fora isso a câmera principal de 13 MP não decepciona apesar de ser uma câmera razoável em ambientes externos e internos e alem de tudo tem uma wide de apenas 5 MP que garante boas fotos para maior espaço. Fotos noturnas e com pouca luz se saem bem razoáveis que as da câmera macro. Sem falta de niveis e brilho, as duas superam a terceira com facilidade. Sua qualidade de videos é Full HD e é apenas boa em gravações de dia mas mediana a noite

Bateria

A mesma capacidade de 4.000 mAh dos celulares G8 também foi aplicada no One macro e ele foi muito bem nos testes ao jogar jogos pesados e usar redes sociais. O uso misto rendeu uma descarga menor e mais direta do que o moderado e intenso. Isso porque a bateria ao esquentar já havia perdido 9% de sua carga completa. O carregador não é tão rápido mas também não te deixa na mão. Ele faz uma carga completa com quase 2h e meia.

Vale a pena

Por ter o nome macro para destacar sua câmera, o dispositivo da linha One tem mais destaques além da sua câmera macro que não é boa se não for usado da maneira correta. Ele entrega um desempenho que chega a ser similar ao Moto G8 plus e bateria que garante ótimo equilíbrio em uso misto. Já tela é outro ponto que devia ser melhorado porque a qualidade HD+ pouco supera o da concorrência e ainda o display tornar inferior ao do Moto G8 Plus. O preço de R$ 1.399,00 divide opiniões entre comprar ou apostar em outro produto, mas com mais R$ 300,00 é mais fácil levar o G8 Plus que além de ter boas câmeras e especificações avançadas ele não tem nada que o destaque para justificar o preço. Só não pense em levar o One macro pela câmera, mas sim pelo que pode entregar que é performance similar ao mediano Premium da motorola mesmo com chip MediaTek.

0