0

Após um pouco mais de um ano do anúncio, a Adobe oficializou hoje (4) o Photoshop para iPad. A promessa é que essa versão tenha todas as funções presentes no programa original para sistemas como o Windows.

Apesar disso, o sistema vem com algumas limitações e falta de recursos que já deveriam estar presente nessa versão, uma vez que o aplicativo está sendo desenvolvido antes mesmo do anúncio de outubro de 2018.

Na descrição da Apple Store, temos a seguinte descrição

Crie com PSDs completos:
Crie no seu iPad com os recursos do Photoshop que você conhece e adora, desde o retoque e a composição até os modos de recuperação e mistura. 
Camadas? Eles estão todos aqui. Resolução? Não faz diferença. 
Seus PSDs são exatamente os mesmos, esteja você trabalhando na área de trabalho ou no topo de uma montanha.

Ferramentas familiares, controle com a ponta dos dedos:
Trabalhe com a pilha de camadas e as ferramentas da barra de ferramentas, como na área de trabalho. 
Deslize, aperte, toque, rabisque, deslize – você se sentirá mais próximo do seu trabalho do que nunca. 
E com a interface do usuário sensível ao contexto, apenas as principais ferramentas e painéis são exibidos, para que você possa se concentrar na tela, não na confusão.

Trabalhe em qualquer lugar:
É simples manter seus PSDs sincronizados entre dispositivos, porque agora você não precisa. Seus documentos são salvos automaticamente na nuvem da Adobe enquanto você trabalha e disponível em qualquer dispositivo executando o Photoshop.

Composição:
Faça seleções precisas com a ferramenta Seleção rápida, Laço e opções avançadas de seleção, como embaçamento. 
Use o pincel para mascarar certas partes da sua imagem e criar composições sofisticadas.

Você pode ver detalhes do que temos e o que não temos na versão 1.0 do Photoshop para iPad aqui no link da página oficial do anúncio.

O aplicativo pode ser baixado aqui, há um período de testes de 30 dias. Ou, se você já tem uma assinatura da Adobe, é só ligar e ser feliz, ou nem tanto.

0

Você Pode Gostar!