CríticaDestaqueFilmes

A Música da Minha Vida

0

Com uma pegada animada e também de conscientização, o filme A Música da Minha Vida nos ganha de uma forma completamente natural. Rola uma identificação com situações vividas pelos personagens e também uma comoção cada vez que algo não sai como queremos.

Pai Controlador de Javed

A história começa no início dos anos 80 com Javed (Viveik Karla) e Matt (Dean-Charles) prometendo ser amigos para sempre e que sairiam de Luton para um futuro emocionante. Tendo como contexto o início de uma Inglaterra cheia de fascismo e perseguição aos paquistaneses e diante de uma crise financeira que assolaria o país.

Sete anos no futuro, Javed já é um adolescente no ensino médio, frustrado por ainda viver em sua cidade, o filme se dá a liberdade de fazer um trocadilho – “Viver em Lutor é como viver um luto”-, pois nada acontece por lá.

Para piorar, Javed vê sua mãe trabalhando dia e noite em uma máquina de costura e também vê todo seu dinheiro ir para as mão de seu pai, um paquistanês extremamente tradicional nos costumes de seu povo, que faz questão de ter todo o controle da família em suas mão. As regras deveriam ser cumpridas e a religião e costumes do povo paquistanês deveriam ser mantidas a qualquer preço.

No entanto, Javed é um sonhador, um escritor e poeta que sonha em viver de sua arte, mas reprimido pela família e perseguido por extremistas, como ele poderia se expressar diante de uma sociedade tão dura?

É aí que a música entra na sua vida através de um colega da escola. Javed conhece o cantor Bruce Springsteen e encontra nas letras de suas canções um sentido para tudo o que tem vivido. As dificuldades financeiras da família, a falta de liberdade para se expressar e uma necessidade intensa de ter sua voz ouvida por todos.

Roops apresentando a Javed a sua “salvação”

A música é um real motivado para aquele jovem que descobre o amor, descobre uma forma de se expor de maneira imponente e lida com conflitos internos e externos. Após a música, Javed com certeza se torna outra pessoa. Mais ousado, mais sonhador e mais disposto a encarar os obstáculos.

Há um momento tocante em que ele e seu pai se confrontam de uma forma que os levam à caminhos opostos, mas a arte de Javed se torna tão poderosa que a família se reconecta.

De fato, A Música Da Minha Vida é um filme político, cômico, dramático e lúdico, tudo de uma vez e tudo muito bem trabalhado. Por se basear em uma história real, o texto é interpretado de forma detalhada a saber como um jovem começa a mudar seus pensamentos, sentimentos, sonhos e até mesmo suas roupas, cabelo e atitudes exteriores.

O filme mostra como os amigos de Javed, que não são palestinos, têm conflitos semelhantes aos dele, mas que são diferentes ao mesmo tempo. Com exceção de Roops (Aaron Phagura) que também é palestino, as demais pessoas ao redor de Javed são britânicas e vivem como tais. Não tem que seguir ordens, baixar a cabeça para o preconceito.

Uma cena marcante é quando Javed e Roops estão em uma lanchonete e um grupo de garotos chegam e expulsam eles da mesa em que estão sentados. Javed, cansado de baixar a cabeça para o preconceito, começa a cantar um trecho de uma das músicas de seu ídolo, Bruce Springsteel e consegue romper com uma barreira que há muito pensou ser impenetrável.

Uma cena marcante é quando Javed e Roops estão em uma lanchonete e um grupo de garotos chegam e expulsam eles da mesa em que estão sentados. Javed, cansado de baixar a cabeça para o preconceito, começa a cantar um trecho de uma das músicas de seu ídolo, Bruce Springsteel e consegue romper com uma barreira que há muito pensou ser impenetrável.

Com uma fotografia impecável, um enredo coeso e uma finalização convincente e satisfatória, esse filme faz muito sentido e é muito indicado para os que se sentem sufocados por imposições exteriores e que vão contra seus ideais e sonhos. Vale apena investir seu dinheiro e seu tempo em uma sessão desse filme que chega aos cinemas no dia 19.

As músicas, as coreografias, a forma como Javed conquista seu primeiro amor, Eliza (Nell Williams), suas poesias, o incentivo de pessoas que foram de alguma forma impedidas de viver seus sonhos, toda essa montagem te prenderá na tela do cinema e te fará torcer para que esse jovem conquiste seu grande sonho de conseguir alçar caminhos melhores.

A Música da Minha Vida

10

Perfeito, Sem Defeitos
  • Fotografia
  • Coreografias
  • Montagem
  • Trilha sonora
  • Construção do protagonista e desfecho da história
    0