ArtigoDestaqueTech

Canon Rebel T100 | A DSLR super básica do mundo

0

Diante de um mercado onde smartphone é a preferencia do consumidor em relação a fotografia, o publico profissional ou quem é mais entusiasta pela fotografia e quer comprar uma profissional, prefere optar por câmeras um pouco avançadas cujo sensor é 2x mais poderoso que um celular e claro que fosse para trabalhar nesse ramo com câmeras tanto mirrorless quanto DSLR. Mas claro seu preço é apertado que em vez de pensar duas vezes, pega um intermediário com câmera menos atraente e também que só depende de mais lentes para fazer aquela foto fantastica. Pensando nisso, a Canon desenvolveu já não sendo novidade no exterior, sua câmera mais básica e com recursos mais voltados aos iniciantes e amadores.

A T100 é a primeira câmera super básica e mais barata do mundo. Por ser barata, ela não é voltada para quem busca se profissionalizar muito na fotografia ou nas filmagens em vídeo. Ela é mais voltada para quem prefere ir além do celular e prefere fotografia mais pura ou raiz e claro ter um aprendizado com as DSLR para quem não entende desse nicho. Sua estrutura é de plástico e possui cartão SD apenas. Ela é uma câmera conectada para quem prefere fotos de boa qualidade para redes sociais. Pois possui Wi-Fi e conexão com aplicativo de câmera. No tudo ela é só isso, tem Resolução de 18 MP a 3 FPS de registro e lente 18-55. Não possui tela giratória o que justifica seu preço e seu display é de 2.7 polegadas com controles pelos botões. Ela grava vídeos em Full HD a 30 Fps. Seu peso é de 460g é mais leve e fácil de transportar e além de tudo facilita na hora da pegada.

Diferente das câmeras mais recentes como T7i, SL2 e 3, e as linhas D de maior porte, esta câmera é uma porta de entrada para o mercado da fotografia. contudo existem pontos que devem ser levados a serio, não há uma entrada para fone, o que não profissionaliza muito para quem trabalha com vídeos ou sendo YouTuber. Sua aparência simples lembra as versões sóbrias da linha “T” como T5, T6 e T7 sem o final “i”. O que não é grande para quem quer algo acessivel mas também não é o suficiente para quem prefere design mais agilizando como a Tela giratória. E além disso, só Cartão SD não basta. Para quem se acostuma com memoria, a entrada micro SD também ficou ausente. Coisa que só compensa é o Wi-Fi para compartilhar as fotos, mas o que realmente devia ser importante é o sistema de armazenamento. Por ultimo temos um processador Digic4+ bem regressivo mas com aprimoramento interessante para focar em imagem.

Aqueles que buscam equipamentos profissionais mas que não querem gastar muito, não deve pensar em uma câmera dessas como opção. Ela é apenas básica e bem barata para um publico que se inicia. Seu preço é entre 1.800 e 2.300 reais dependendo da loja. Só até esse preço compensa mais comprar a Canon SL2 que é bem avançada e tem recursos ótimos para se profissionalizar e usar todos os recursos para video. Diferente da T100 a SL2 tem mais Specs que a câmera básica. Além de um tamanho menor e hardware de ponta para usufruir das especialidades da Canon. Já a T100 é apenas básico, não espere grandes recursos. É melhor que gastar mais em um smartphone mas é uma câmera com o intuito de ser boa para quem quer ir mais afundo na fotografia e para quem quer saber o que é uma câmera profissional.

0

Você Pode Gostar!