Análise: Notebook Avell Full Range G175 Fire V3

Lendo agora
Análise: Notebook Avell Full Range G175 Fire V3

Para os Gamers de plantão que precisam de um notebook Gamer e não querem ter de vender a casa para comprar um Dell Alienware, Acer Predator ou até mesmo os Asus ROG, todos aparelhos importados que convenhamos, la fora já custam bem caro e quando vem para o Brasil triplicão de valor e pior, só aparecem configurações intermediárias, lês apresento a Avell, marca nacional (foi criada na minha cidade, o que me da mais orgulho ainda hehehhehe), que apresenta construção e hardware a qual não fica devendo a nenhuma marca que citei antes, e melhor de tudo, e quase sempre da pra economizar alguns milhares de reais se feita uma comparação de hardware/preço com marcas internacionais.

videos-g1740

Mas hoje estou aqui para lhes descrever minha experiência com o notebook Avell G175 Fire V3, deixo claro que o modelo que utilizei deste aparelho contava com Intel Core i5 de sexta geração (i5 de verdade, não esses modelos que possuem a letra U no nome como i5 6300U ou i7 6600U, e são dual core que não conseguem entregar direito o desempenho de um core i3 de desktop) e 16GB DDR3 (ambos, o processador e memória foram atualizados e agora o G175 só tem disponibilidade na configuração Core i7 6700HQ e 16GB DDR4 2133Mhz, coisa muito bem vinda, já que o acréscimo no preço final foi pouco em relação a UP que recebeu.

processador

O restante da configuração são estas, placa de vídeo GTX 950 2GB, tela 17.3 Full HD, 1920 x 1080p, 16:9 IPS (esse IPS se trata que indiferente do ângulo que você olhar, a imagem não distorceram cor ou qualquer outra deformidade apresentada em telas TFT normais que temos no notebooks de entrada).

 

Armazenamento temos como padrão um HD hibrido de 1TB+8GB SSD, caso o cliente não queira este HD poderá optar por pegar um SSD de 240GB sata iii, SSD 240GB m.2 ou um HD 1TB sem alteração de valor, e falando mais sobre armazenamento, na hora da compra no menu personalização da para acrescentar mais unidades de armazenamentos ou pegar unidade de maior capacidade, ver próxima imagem.

armazenamento

Outra coisa que são possíveis de personalizar é a versão do Windows, placa Wireless, pacote Office e por fim cor da parte externa da tela, como mostrado na próxima imagem.

wifi Mas agora deixando os aspectos da configuração vou descrever o meu uso, nas breves semanas que o utilizei.

g175_1 g175_2 g175_3 g175_4 g175_5 g175_6 g175_7 g175_8

Primeira surpresa ao retirá-lo da caixa, ele é grande, fazia anos que não utilizava um notebook com tela 17 polegadas, o acabamento externo que possui um designer sóbrio e não apresentar as formas chamativas dos modelo gamers, gostei da pintura, de cara me lembrou da fibra de carbono, mesmo sendo liso e reflexivo a estampa utilizada não deixa aparente tão fácil marcas de dedos como alguns modelos com acabamento em black piano.

Agora minha maior surpresa de todas, ao ligar a maquina o teclado possui retro iluminação na cor azul, vocês não sabe como isso me deu uma alegria no coração, para muitos que não me conhecem, antes de mudar para Glorios PC Gaming Master Race kkkkk utilizei por muitos anos notebooks Gamer (Avell, Toshiba, HP, Lenovo, Acer, Dell, como trabalhava e estudava não possuía tempo no meu dia para utilizar um desktop convencional), e gastei quantias bem mais altas que o valor deste notebook e na época no mercado brasileios ainda não se encontrava nenhum notebook com essa características (só modelos importados por pessoas físicas, resumindo sem garantia), sobre o peso, pessoalmente ele é pesado, mas como já mencionei, estou acostumado, então não tive problema com tal, único problema que tive foi em relação ao tamanho, de todas as mochilas que possuo para notebook nenhuma coube este modelo, mas fora isso pessoalmente não tive mais problemas.

Ao ligar a maquina, como é um HD hibrido não esperava um boot rápido, ainda mais se compararmos  com um SDD convencional, mas mesmo assim o boot se mostrou consideravelmente superior ao de um HD normal, em uma escolha pessoal eu montaria com um SDD m.2 para o sistema e um HD somente para meus jogos.

Jogos, como se trata de um modelo de GTX voltada para notebook não podemos esperar desempenho semelhante a versão de desktop, já que a versão de PC da GTX 950 possui consumo sozinha quase igual ao de todo os hardware do notebook , então devido ao consumo limitado o desempenho também fica limitado, mas se for utilizado o aplicativo Geforce Experience é possível se jogar quase todos os jogos com filtros no médio e com FPS na casa dos 45 a 60, e jogos um pouco mais velhos como skyrim, borderlands entre outros jogos da mesma idade da até para colocar muitos filtros no máximo, e como a tela possui uma alta densidade de pixel filtros como anti-aliasing não são tão necessários podendo aqui fazer um comparação com o 4k, que também possui  densidade de pixel bem alta não precisando ativar alguns filtros para serrilhamento.

Som, como citei antes já utilizei inúmeros notebooks, tanto importados quando nacionais com a mais variadas parcerias com marcas de áudio profissional, como JBL, Onkyo, Beats, Harman Kardon,  mas como possuem limitação de espaço dificuldade para ter um som direcional, poucos chegaram ao patamar de possuir fidelidade aceitável, quase todos possuem som OK, no caso do G175 V3 ele não possui certificação Sound Blaster, o deixando no mesmo patamar dos citado anteriormente, fidelidade OK, ainda careço de testar um modelo que se destaque neste quesito.

Como estamos falando de um dispositivo Mobile caímos em uma coisa que não se pode deixar de fora, autonomia da bateria, em uso normal de navegação e reprodução de vídeo se consegue chegar tranquilamente em duas horas, ainda mais por se tratar de um processador que não foi tão limitado em desempenho em prol do consumo como os modelos U e em jogos esta autonomia cai para alguns minutos pouco mais de meia hora para jogos não muito exigentes.

No momento meu desktop possui um Core i7 com overclock 4.5Ghz, 16GB de memória RAM e RAID Zero de dois SSD, e de inicio o utilizei como computador principal, o ligando nas minha duas telas, uma de 29 polegadas ultra wide e um TV 32 polegadas, mas como o aparelho possuía uma boa e grande tela com o passar de 3 dias decidi trocar toda a minha bancada por somente o uso dele e  me supriu muito bem neste tempo de uso.

Jpeg

Jpeg

Jpeg

Jpeg

Link para ver toda a configuração desta maquina esta aqui.

Qual é a sua reação?
Geek
0%
Feliz
0%
gostei
0%
Ruim
0%
Surpreso
0%
Preocupado
0%
Sobre o autor
Jeferson Cesconetto
Jeferson Cesconetto